Seguidores

O que você procura?

23 de julho de 2016

Ninguém vence batalha sozinho!



Quando o povo que ama Missões acordar para a real necessidade de sua função no exército de Deus, muita coisa mudará na vida daqueles que são enviados ao campo de missões. Principalmente, quando se derem conta que quando enviam alguém para pregar o Evangelho... Têm a obrigação de mantê-lo em segurança. Isso se faz com oração constante em prol da vida do comissionado e com manutenção financeira às necessidades básicas para que este candidato fique o tempo necessário.

NÃO SE PODE ESQUECER que o missionário foi, mas você está na retaguarda como parte deste exército que busca ganhar almas para Cristo. Se a cada missionário enviado, pelo menos três nunca deixassem de orar e 10 nunca parassem de ofertar... Garanto, eles teriam boas novas a contar toda semana. O trabalho seria feito com mais motivação, as barreiras seriam superadas com mais facilidade e a obra seria feita sem medo.

Décadas passadas era possível contar mais de 80.000 pessoas orando por um missionário. Hoje, esse número em vez de aumentar, caiu consideravelmente. As redes sociais mostram isso. O missionário tem 5000 amigos e o máximo de curtidas que ganham ao demonstrar o trabalho realizado é de 200 a 300 curtidas; e, se estes que curtem depositam algo para mantê-los, nem quero especular... Com certeza, ainda erraria, mas atrevo-me a dizer que menos de 10% deva ser colaborador fiel.

Uma vez, vi uma missionária dizer que tinha acabado de voltar do campo por falta de investimento, mas a dor dela não era o fato de ter voltado. Era o fato de ninguém ter aproveitado as experiências por ela vividas. A mesma não tinha oportunidade de falar do trabalho dentro da própria igreja. Não tinha chance de testemunhar o que viveu no tempo que passou no campo. Com tristeza dizia: "Ninguém deixa de ser missionário depois que a unção desce! Eu não deixei de ser missionária só porque estou de volta ao meu país".

Envolva sua igreja em Missões, mas envolva da forma correta. Apoie os seus missionários. Dê condições de crescimento. Pastores! Paguem cursos de capacitação missionária. Frequentem Seminários e Congressos, mas levem seus missionários com vocês!

Há uma necessidade de pessoas que realizem a missão de enviar, mas de pessoas que saibam enviar sem emoção. Capacite primeiro! Invista primeiro! Dê oportunidades! Envie com sabedoria e responsabilidade. Mantenha com dignidade! A Missão de enviar vai muito além de pagar passagens e dizer que está enviando alguém ao campo de missões. Exige envolvimento de toda igreja, esclarecimento sobre como será feito o trabalho... Para isso existem os cultos de envio.

Lembre-se: o missionário que você enviar ao campo precisa do seu apoio incondicional. Precisa de pessoas que estejam na intercessão, para que o trabalho seja realizado devidamente. E na sua volta, a recepção deve ser digna daquele que se dedicou e dedica ao Evangelho.

Cuide melhor de seus missionários no campo! Faça parte do exército, mas tome posição neste exército! Ninguém ganha batalhas sozinho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!