Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

23 de julho de 2016

Missionário precisa saber orientar acerca de casamentos.



Essa semana conversamos bastante com um missionário que falava da dificuldade que tinha de ajudar casais na obra missionária. Solteiro, no campo há mais de 20 anos, numa cultura em que o casamento não aceita divórcio e muito menos um novo casamento. Falava que casais começaram a procurá-lo falando sobre traição e separação.

Desafio armado! O que mais chamou a minha atenção foi o fato de só após 20 anos ele se deparar com esta situação. Incrível! A ideia que dei foi a que estamos fazendo no Brasil atualmente... Encontro e Jantar de Casais com Palestras. Deixei bem claro que não sabia se serviria para índios bolivianos, mas era uma oportunidade. Ele poderia aproveitar a própria cultura deles para uni-los. 

A verdade é que um missionário ou pastor que sai a evangelizar em outro país, mesmo que não seja casado precisa ler sobre tudo para saber orientar. Há tantos livros que auxiliam a leitura bíblica nos ensinamentos cristãos.

Sinceramente, dei a ideia, mas detesto Encontro de Casais. Não curto mesmo! Prefiro uma boa viagem com meu esposo. Nada como novos ares, novos ambientes e cultura para distrair a mente, tocar na ferida e curar as tristezas. Para mim, viajar será sempre a melhor opção. AMOOOOO!!!!

Mas o assunto não é viagem. É a situação de como orientar casais em apuros. Sinceramente, a primeira coisa que eu perguntaria é o que as levou a concretizar a união. Sinceramente, creio que ouviria de alguns casais que conheço a seguinte frase: “Eu me casei porque quis”. 

Sabemos que para um casamento cristão acontecer... Várias etapas são necessárias. No entanto, em um casamento mundano o que importa não é o motivo que os levou a unir-se, pois os desejos carnais falam mais altos que os espirituais. O casamento mundano é baseado na vontade própria e é como um ovo podre. Fede! Parece bonito por fora... Todo branquinho, mas por dentro está fedido e podre, cheio de amarguras, frustrações e negligências pessoais. O resultado é a separação e o divórcio = falência da relação.

O amor humano passa rápido após o fim do desejo sexual. Nenhum status social dentro ou fora das igrejas é suficiente para sustentar a relação. O casal tende a reconhecer que o casamento não vai bem. A aparência insiste em fazer os parceiros usarem máscaras para evitar a vergonha do fracasso. Alguns terminam em separação, enquanto outros vão se sustentando em suas próprias mentiras: “Tudo vai passar” – “É só uma fase ruim”, mas tais casamentos não passam de remendos muito mal costurados. É que houve ali uma tentativa de se criar, pela vontade do casal, algo que só Deus pode criar. A solução!

Muitos jovens em nossas igrejas casam com o pensamento voltado à profecias, outros porque o sexo aconteceu antes e o casamento torna-se um caminho ao conserto, ainda outros se casam porque sabem que Deus está no controle e esta é a Vontade dEle. Porém, um casamento não é cristão apenas pelo fato de ter sido oficializado numa igreja ou ter sido realizado por um pastor ou padre; mas o é porque está no coração de Deus e nos foi dado por Ele. 

O casal se une para obedecer à vontade de Deus. “Por isso, deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e serão dois numa só carne” – Efésios 5.31 - O casamento cristão é fato quando o Espírito de Deus testifica no coração dos dois. Deus une um casal para realizar o Poder de Sua Palavra. Só o amor de Deus é capaz de sustentar um bom casamento. E ele nasce quando reconhecemos que nosso casamento é da vontade de Deus e que foi Deus que nos escolheu um para o outro. 

Logo, o nosso casamento deve estar em constante obediência à vontade de Deus, pois enquanto amarmos a Deus mais que ao nosso companheiro (a). Estaremos no Centro da Vontade do Altíssimo. Nada de máscaras! Nada de mentiras, nada de fantasias... O casamento é mais real que qualquer outra forma de relacionamento na Terra. O casamento gera Parceria, Unidade, Fidelidade e muita, muita cumplicidade dentro da Palavra de Deus.

Independente da cultura, da forma como o casamento se deu ou a forma que tem sido conduzido até aquele momento. Se você é procurado por alguém em sua igreja, pedindo ajuda, orientação... Oriente segundo os princípios bíblicos. Suas experiências nada tem a ver com a experiência daquele casal. Não é preciso ser casado para ajudar um casal, apesar de eu achar que seja a opção mais óbvia.

No campo missionário você encontrará mulheres que apanham de seus companheiros, encontrará casais bígamos... Verá de tudo. Esteja preparado! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!