Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

30 de dezembro de 2015

Keren Mariano: Família Cezário e o "Milagrinho" na África do Sul.



O texto que escrevi é um pouco longo, mas leia até o final, você pode fazer parte de uma linda história de amor escrita por Deus!!!!

De verdade que não sei como começar a escrever essa linda e emocionante história. Vou tentar pelo começo. Em 2002 conheci esses amados pastores, Wilsimar e Regiane. Estávamos nos capacitando na área de missões em um centro de treinamento. Já fazem 5 anos que esse casal dedica suas vidas servindo a Deus e a Igreja em Moçambique, região sul do continente africano. 

Eles têm dois filhos lindos, a primogênita Heloisa, prestes a completar 10 anos, e o caçulinha Felipe Tawanda, com 4 meses DE VIDA!!! E é sobre A VIDA de Felipe que quero escrever. Esses 10 meses que passei longe das redes sociais, me fizeram perder algumas coisas muito importantes, e uma delas foi a de acompanhar a segunda gravidez dessa irmã muito amada por mim. Ficamos grávidas praticamente na mesma época, Maria e Felipe tem 20 dias de diferença. Regiane, assim como praticamente todos os missionários em África, sofreu muito com as malárias, antes e durante a gestação. 

Quando já estava com 37 semanas de gestação, veio a notícia de que o pequeno Felipe sofria de Mielomeningocele, uma malformação congênita na coluna vertebral, que faz com que as meninges, a medula e as raízes nervosas, fiquem expostas. Isso causou também, uma hidrocefalia, que em resumo, é um acumulo excessivo de liquido dentro do crânio, os exames mostraram também que o cérebro do bebê não existia, não tinha se formado, com isso os médicos não deram nenhuma chance de vida ao pequeno Felipe. Eles precisaram viajar com urgência para a África do Sul, já que as condições de saúde básica são menos precárias que em Moçambique, para tentar salvar a vida de Regiane, pois segundo os médicos, seu útero estava correndo o risco de se romper e Felipe não resistiria o parto, nem uma vida fora do útero. 

No dia 13 de agosto, Deus trouxe a esse mundo, esse milagre, o “Milagrinho” como diz a mamãe Regiane. Ele ficou os 3 primeiros meses de SUA VIDA, internado entre a vida e a morte e passou por 8 cirurgias. Fazem 6 semanas que Felipe recebeu alta hospitalar e pôde então, sentir o calor do colinho da mamãe. São 6 semanas em que Regiane pode carregar nos braços seu pequeno milagre, sentir o cheirinho mais gostoso do mundo, sentir o caraçãozinho palpitar de felicidade e apreciar o olhar mais terno e puro que existe. Ahh sim!! Em uma outra tomografia, sem que os médicos pudessem explicar, estava ali, um cérebro perfeitinho formado na cabeça de Felipe. 


Ele é perfeito na questão neurológica, age normalmente como um bebezinho de 4 meses, mas a Mielo, deixou uma sequela em uma das perninhas que ainda não se move, ele vai precisar de acompanhamento com um ortopedista e um fisioterapeuta. Esse é o maior “Milagrinho” na vida dessa querida família. E eles precisam de nós como Igreja de Cristo. 

Quando me deparei com essa história DE VIDA, eu me senti na obrigação de fazer algo, sou responsável por eles, pois fazemos parte do mesmo corpo. Conheço e amo demais essa família para simplesmente ficar de braços cruzados diante dessa história de desafios diários. 

Eles não me pediram nada além de oração, mas eu sei que a necessidade é muito grande. Fui missionária em África e sei das limitações e carências que um missionário sofre longe de sua pátria. Toda essa luta não mudou em nada o coração amoroso de servos que eles têm, eles continuam em África servindo como missionários. Mas Regiane precisará passar todo o ano de 2016 na África do Sul para tratamento e acompanhamento do bebezinho, enquanto seu esposo viaja de tempos em tempos para Moçambique, a fim de cuidar e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos das 16 igrejas que estão sob seus cuidados. 

Os desafios são muitos, e um deles é pagar o valor de 80,000 com o hospital, 3 meses de internação e as muitas cirurgias, acumularam esse valor altíssimo. Foi preciso assinar um contrato com o hospital onde foi firmado o compromisso de pagamento de 160 vezes de 500,00, ou seja, mais de 12 anos pagando essa dívida, fora todo o tratamento ortopédico e fisioterapêutico que ele será submetido. 

De verdade, eu queria ter esse valor para entregar nas mãos dessa família, mas minha família e eu, ajudaremos com o que pudermos. Uma das formas que encontrei em ajuda-los, é pedindo na maior “cara de pau” para você que está lendo esse post, com o que você puder, se Deus te tocou para abençoar essa família missionária, seja como for, fale comigo ou diretamente com eles através do Facebook. Que Deus te abençoe!


Fique a vontade para compartilhar esse desafio com todos os seus amigos!!!



Texto de Keren Mariano
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!