#BUVM no Sertão em 2018!

O que você procura?

22 de agosto de 2015

Dica de Leitura: Guia Prático de Missões.


“Afinal, o que é missão?” perguntou-nos o Pr. Walter Ferreira, vice-presidente do Ministério do Monte no RJ em uma das viagens que fizemos com ele ao interior de Minas Gerais em 2001. Na época, estávamos na empolgação de querer viver missões, de ser enviado a um Estado ou País. Ninguém soube responder... Pr. Walter e sua voz mansa e sorriso carinhoso afirmou: Missão é ter Deus como o agente principal de sua vida no campo missionário. É depender exclusivamente do Senhor Jesus nos momentos difíceis da árdua tarefa de amar o próximo sem esperar nada em troca.

Eu tinha 27 anos. Nunca pensei que aos 41 eu fosse realmente entender aquelas palavras. Pr. Walter sempre esteve certo. Sem amor, você jamais entenderá o que viver uma Missão Integral.

As igrejas atuais envolvem-se com cultos que nada edificam ou fazem seus membros refletirem sobre o fazer Missão. A quantidade de membros que ficam em casa, porque “Hoje, é culto de Missões!” cresce a cada ano exatamente, porque o verdadeiro foco de um culto missionário foi perdido.

Os coordenadores de missões de várias igrejas pensam em encher templos e fazer com que todos sejam levados a pipocar na presença de Deus. O negócio é maquiar a mente das pessoas com bandeiras penduradas de vários países como se uma igreja adornada realmente vivesse o fazer Missões.

Não há quem queira despertar futuros vocacionados, não há quem anseie por ter jovens e adolescentes interessando-se por cursos intensivos que tratem de liderança, missões ou discipulado. O que vemos são igrejas mornas, acostumadas a repetir o que foi feito no passado sem entender as mudanças atuais e perceber a necessidade de pensar no futuro. Um futuro que agregue seu membro no campo missionário. O vemos hoje é o comodismo de aceitar ser mais fácil ajudar a manter o de outra igreja, do que investir em seus próprios membros para avançar no crescimento do Reino de forma direta.

Por que existem igrejas que não se envolvem na transformação da sociedade? Enquanto outras se envolvem, mas negligenciam a dimensão da proclamação? Por que ainda algumas igrejas dizem que o foco delas são cultos específicos, conferências e congressos que nada edificam, porque só ajudam a angariar recurso financeiro... Edificação mental é quase nenhuma!

Há igrejas que plantam muitas outras igrejas, enquanto outras não? Tem igrejas que são bem parecidas com um clube de entretenimento e outras são tão rígidas que expulsam o que tem como se não fosse algo normal afastar uma alma que terão que dar conta ao Mestre Jesus. Algumas levam a sério o discipulado cristão; outras nunca fizeram isso nem da forma da Igreja de Atos.

Então, tudo é missão? Como resolver esse drama?

Este livro é uma tentativa de esclarecer esse assunto. Não há participação em Cristo sem participação em sua “missão”. Esse Guia Prático de Missões foi preparado para que você além de entender o que significa missão seja capacitado para participar como agente da missão de Deus no mundo através de sua igreja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!

Missões Uruguai em Treinta y Trés.

Expedição Missionária Piauí.