#BUVM no Sertão em 2018!

O que você procura?

28 de março de 2014

Pr. Cícero Cordeiro - O Princípio da Indigência.


Pastor Cícero Cordeiro é membro da ADECIN - Assembleia de Deus em Cidade Nova no Rio de Janeiro. É autor de vários livros e tem muitos textos publicados. "Um amigo na Caminhada" é o seu livro mais recente e tem causado mudança de vida em várias pessoas que o leem. 

Abaixo, deixamos mais um dos textos públicos que o pastor expôs na Rede Facebook. Um texto rico em detalhes e muito bem exposto, que nos faz pensar e saber lidar com pessoas de acordo com que nos ensina Jesus!

O Princípio da Indigência 

Lidar com pessoas é provavelmente o maior desafio que enfrentamos. Uma ação errada pode gerar implicações e provocar feridas desnecessárias. E o pior, é que não existem interações neutras. Você sempre deixa alguém um pouco melhor ou um pouco pior. Cada interação, desde o primeiro bom-dia até ao ultimo boa-noite, você tem a oportunidade para fazer amigos e influenciar pessoas de modo positivo.

O princípio mais fundamental para se fazer amigos, é você se fazer amigo de alguém. Ao invés de fazer as pessoas se interessarem por você, se sinta interessado pelas pessoas. E ao fazer isto, certifique-se de que é capaz de pelo menos duas coisas importante em todo relacionamento: 

Primeiro: Abnegação. Renúncia espontânea do interesse, da vontade e da conveniência própria. Abnegação é fruto do amor incondicional. Amor incondicional é a capacidade de amar os não amáveis, de recolher o que se perdeu e de ser misericordioso com aqueles que pecaram, sendo assim, nem o inimigo fica de fora. 

Uma mulher me procurou e me disse: Pastor, me ajude! Eu não amo mais o meu marido. Não consigo amá-lo mais como marido. Então eu lhe disse: Ame-o como irmão! Ela disse: também não consigo! Sendo assim, só lhe resta amá-lo como inimigo. Jesus disse: Amai os vossos inimigos.

Segundo: Seja resiliente. Resiliência é a capacidade que tem o aço de se recompor a sua forma original após sofrer a deflagração de seus átomos pelo fogo. Segundo o ex-prisioneiro de guerra, o Russo Alexander Issaiévich Soljenítsin, resiliência é a capacidade que todo homens precisa ter, a fim de se recomporem após as tempestades da vida. 

Toda amizade parte do simples para o complexo. Primeiro, as pessoas te seguem por causa de algo que você fez a elas ou por elas. Depois, elas te seguem pelo que você é, independente do que você faça a elas. Note, começou com um ato generoso e culminou em confiança. É nesta fase que você diz: Tenho muitos amigos, alguns conhecem o meu endereço, outros sabem os meus paradeiros, outros, tem o meu numero de celular, mas você, bem, você tem as chaves da minha casa. 

Toda pessoa que deseja fazer amigos, precisa conhecer a regra de ouro. A regra de ouro é a seguinte: Considere as necessidades dos outros antes de falar das suas necessidades. Em tese, todos nós já fazemos isto, só que fazemos de modo superficial e egoísta. Por exemplo: Você liga para alguém com intuito de solicitar-lhe algo, mas antes de pedir-lhe o que deseja, você pergunta: Oi, como vai? Tudo bem? E ai, tudo em cima? Na verdade, essa mera preocupação é apenas um intróito para se dizer o que se pretende dizer, que na verdade, não é o interesse em saber como estar o indivíduo ou se estar bem a sua família, mas consigo mesmo. 

Se agíssemos conforme fomos programados, não haveria logros na nossa forma de se comunicar com o próximo. Como disse Dale Carnegie: 'Todos nós fomos programados com o desejo por comunicação honesta'. Ninguém deseja ser logrado numa conversa. Ninguém deseja ouvir uma meia verdade, queremos a verdade integral. Ainda que pareça dolorosa, não desejamos ouvi-la pela metade: Queremos inteiríssima. Pois, só assim, compreenderemos e seremos compreendido, e só assim, é que seremos alegres por completos. Como disse Antoine de Saint Exupéry: 'Não há alegria no mundo a não ser nas relações humanas'. E parafraseando-o, eu diria que até mesmo a alegria que recebemos de Deus, a recebemos para vencia-lá entre as pessoas criadas por Deus. 

Haviam dois excepcionais gerentes numa empresa. Ambos exerciam com probidade e competência suas funções. Entretanto, apesar dos dois serem gerentes na mesma Corporação, percebia-se uma diferença na sinergia organizacional de ambos. Um se debruçava sobre relatórios na obscuridade de seu oficio. O outro exercia a sua gerência na sinergia operária da cada funcionário em sua ala de serviço. Um exercia o gerenciamento sobre papeis e burocracia da empresa, o outro sobre pessoas em suas produtividades funcionais. Agora, quem desses dois possuem a maior probabilidade de desenvolver relacionamentos e fazer amigos? Mesmo que o gerente burocrático se sentisse realizado profissionalmente, ainda que trancado numa sala e cercado por papeis e documentos burocráticos da empresa, sua realização pessoal não poderia ser plena, pois falta-lhe o elemento essencial: Pessoas. Aprendo com Exupéry que 'a realização pessoal só pode ser boa se for acompanhada das alegrias dos relacionamentos interpessoais'. 

Tim Irwin, psicólogo corporativo e escritor do livro 'Derailed' - lições aprendidas com líderes que falharam, destaca em sua obra a ruína de seis eminentes CEOs (diretor executivo) ao longo da ultima década. Cada fracasso foi acionado pela somatização da incapacidade de seus executivos em interagir-se de modo claro e sincero com seus funcionários. Apesar de serem excedentes no quesito 'competência corporativa', que sobrou-lhes a capacidade de se interagirem com seus funcionários. Estavam em déficit.

O fracasso está latente em cada líder. Todos poderão fracassar, mais isto não significa dizer que todos devem fracassar ou que vão fracassar. Na verdade, o fracasso precisa ser evitado. E isto serve para qualquer líder, do micro empresário ao macro diretor empresarial, do líder familiar ao líder espiritual, todos, sem exceção. Entretanto, o fracasso fica mais evidente quando resolvemos trilhar o caminho do nosso sucesso desconsiderando o princípio de indigência que nos faz esmoleres uns dos outros. Como disse Leonardo Boff: Ninguém se liberta sozinho. Libertamo-nos sempre juntos.

Talvez seja por isso que Deus disse: Não é bom que o homem esteja só. Esta é a regra mais fundamental que o principio de sobrevivência do mais forte de Darwin. Quando Deus disse que não é bom que o homem estivesse só, ele estabelecia o princípio da reciprocidade. Este princípio instila no meu ser que o meu ser não é um ser sem o ser que habita em cada ser que existe no universo. De maneira que ninguém está fora desta relação includente. Todos os seres que existem, existem e vivem uns nos outros, pelos outros nos outros e para os outros. 

Vale a pena finalizar com a regra de ouro: Considere as necessidades dos outros antes de falar das suas necessidades. Geralmente pessoas vitrificadas em lucros, imaginam que as necessidades dos outros se traduzem por coisas. Este é o pior tipo de mendigo que existe. Só pode oferecer coisas e nada a mais. Esta é uma ironia cruel. Há pessoas que possuem muito dinheiro, usam roupas de grife, sapatos de couro de arminho, tem carros importado, aeroporto particular, tem contas bancarias em paraísos fiscais, mas, não tem nada dele mesmo para oferecer aos outros. E nesses 'outros' estão inclusos, esposa, filhos, pais, irmãos, amigos, igreja, vizinhos,meio ambiente e seus animais de estimação.


Pr. Cícero Cordeiro

Contatos com o autor:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!

Missões Uruguai em Treinta y Trés.

Expedição Missionária Piauí.