Congresso CBM

Congresso CBM
23 a 27 de outubro de 2017

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

28 de março de 2014

Pr. Cícero Cordeiro - O Princípio da Indigência.


Pastor Cícero Cordeiro é membro da ADECIN - Assembleia de Deus em Cidade Nova no Rio de Janeiro. É autor de vários livros e tem muitos textos publicados. "Um amigo na Caminhada" é o seu livro mais recente e tem causado mudança de vida em várias pessoas que o leem. 

Abaixo, deixamos mais um dos textos públicos que o pastor expôs na Rede Facebook. Um texto rico em detalhes e muito bem exposto, que nos faz pensar e saber lidar com pessoas de acordo com que nos ensina Jesus!

O Princípio da Indigência 

Lidar com pessoas é provavelmente o maior desafio que enfrentamos. Uma ação errada pode gerar implicações e provocar feridas desnecessárias. E o pior, é que não existem interações neutras. Você sempre deixa alguém um pouco melhor ou um pouco pior. Cada interação, desde o primeiro bom-dia até ao ultimo boa-noite, você tem a oportunidade para fazer amigos e influenciar pessoas de modo positivo.

O princípio mais fundamental para se fazer amigos, é você se fazer amigo de alguém. Ao invés de fazer as pessoas se interessarem por você, se sinta interessado pelas pessoas. E ao fazer isto, certifique-se de que é capaz de pelo menos duas coisas importante em todo relacionamento: 

Primeiro: Abnegação. Renúncia espontânea do interesse, da vontade e da conveniência própria. Abnegação é fruto do amor incondicional. Amor incondicional é a capacidade de amar os não amáveis, de recolher o que se perdeu e de ser misericordioso com aqueles que pecaram, sendo assim, nem o inimigo fica de fora. 

Uma mulher me procurou e me disse: Pastor, me ajude! Eu não amo mais o meu marido. Não consigo amá-lo mais como marido. Então eu lhe disse: Ame-o como irmão! Ela disse: também não consigo! Sendo assim, só lhe resta amá-lo como inimigo. Jesus disse: Amai os vossos inimigos.

Segundo: Seja resiliente. Resiliência é a capacidade que tem o aço de se recompor a sua forma original após sofrer a deflagração de seus átomos pelo fogo. Segundo o ex-prisioneiro de guerra, o Russo Alexander Issaiévich Soljenítsin, resiliência é a capacidade que todo homens precisa ter, a fim de se recomporem após as tempestades da vida. 

Toda amizade parte do simples para o complexo. Primeiro, as pessoas te seguem por causa de algo que você fez a elas ou por elas. Depois, elas te seguem pelo que você é, independente do que você faça a elas. Note, começou com um ato generoso e culminou em confiança. É nesta fase que você diz: Tenho muitos amigos, alguns conhecem o meu endereço, outros sabem os meus paradeiros, outros, tem o meu numero de celular, mas você, bem, você tem as chaves da minha casa. 

Toda pessoa que deseja fazer amigos, precisa conhecer a regra de ouro. A regra de ouro é a seguinte: Considere as necessidades dos outros antes de falar das suas necessidades. Em tese, todos nós já fazemos isto, só que fazemos de modo superficial e egoísta. Por exemplo: Você liga para alguém com intuito de solicitar-lhe algo, mas antes de pedir-lhe o que deseja, você pergunta: Oi, como vai? Tudo bem? E ai, tudo em cima? Na verdade, essa mera preocupação é apenas um intróito para se dizer o que se pretende dizer, que na verdade, não é o interesse em saber como estar o indivíduo ou se estar bem a sua família, mas consigo mesmo. 

Se agíssemos conforme fomos programados, não haveria logros na nossa forma de se comunicar com o próximo. Como disse Dale Carnegie: 'Todos nós fomos programados com o desejo por comunicação honesta'. Ninguém deseja ser logrado numa conversa. Ninguém deseja ouvir uma meia verdade, queremos a verdade integral. Ainda que pareça dolorosa, não desejamos ouvi-la pela metade: Queremos inteiríssima. Pois, só assim, compreenderemos e seremos compreendido, e só assim, é que seremos alegres por completos. Como disse Antoine de Saint Exupéry: 'Não há alegria no mundo a não ser nas relações humanas'. E parafraseando-o, eu diria que até mesmo a alegria que recebemos de Deus, a recebemos para vencia-lá entre as pessoas criadas por Deus. 

Haviam dois excepcionais gerentes numa empresa. Ambos exerciam com probidade e competência suas funções. Entretanto, apesar dos dois serem gerentes na mesma Corporação, percebia-se uma diferença na sinergia organizacional de ambos. Um se debruçava sobre relatórios na obscuridade de seu oficio. O outro exercia a sua gerência na sinergia operária da cada funcionário em sua ala de serviço. Um exercia o gerenciamento sobre papeis e burocracia da empresa, o outro sobre pessoas em suas produtividades funcionais. Agora, quem desses dois possuem a maior probabilidade de desenvolver relacionamentos e fazer amigos? Mesmo que o gerente burocrático se sentisse realizado profissionalmente, ainda que trancado numa sala e cercado por papeis e documentos burocráticos da empresa, sua realização pessoal não poderia ser plena, pois falta-lhe o elemento essencial: Pessoas. Aprendo com Exupéry que 'a realização pessoal só pode ser boa se for acompanhada das alegrias dos relacionamentos interpessoais'. 

Tim Irwin, psicólogo corporativo e escritor do livro 'Derailed' - lições aprendidas com líderes que falharam, destaca em sua obra a ruína de seis eminentes CEOs (diretor executivo) ao longo da ultima década. Cada fracasso foi acionado pela somatização da incapacidade de seus executivos em interagir-se de modo claro e sincero com seus funcionários. Apesar de serem excedentes no quesito 'competência corporativa', que sobrou-lhes a capacidade de se interagirem com seus funcionários. Estavam em déficit.

O fracasso está latente em cada líder. Todos poderão fracassar, mais isto não significa dizer que todos devem fracassar ou que vão fracassar. Na verdade, o fracasso precisa ser evitado. E isto serve para qualquer líder, do micro empresário ao macro diretor empresarial, do líder familiar ao líder espiritual, todos, sem exceção. Entretanto, o fracasso fica mais evidente quando resolvemos trilhar o caminho do nosso sucesso desconsiderando o princípio de indigência que nos faz esmoleres uns dos outros. Como disse Leonardo Boff: Ninguém se liberta sozinho. Libertamo-nos sempre juntos.

Talvez seja por isso que Deus disse: Não é bom que o homem esteja só. Esta é a regra mais fundamental que o principio de sobrevivência do mais forte de Darwin. Quando Deus disse que não é bom que o homem estivesse só, ele estabelecia o princípio da reciprocidade. Este princípio instila no meu ser que o meu ser não é um ser sem o ser que habita em cada ser que existe no universo. De maneira que ninguém está fora desta relação includente. Todos os seres que existem, existem e vivem uns nos outros, pelos outros nos outros e para os outros. 

Vale a pena finalizar com a regra de ouro: Considere as necessidades dos outros antes de falar das suas necessidades. Geralmente pessoas vitrificadas em lucros, imaginam que as necessidades dos outros se traduzem por coisas. Este é o pior tipo de mendigo que existe. Só pode oferecer coisas e nada a mais. Esta é uma ironia cruel. Há pessoas que possuem muito dinheiro, usam roupas de grife, sapatos de couro de arminho, tem carros importado, aeroporto particular, tem contas bancarias em paraísos fiscais, mas, não tem nada dele mesmo para oferecer aos outros. E nesses 'outros' estão inclusos, esposa, filhos, pais, irmãos, amigos, igreja, vizinhos,meio ambiente e seus animais de estimação.


Pr. Cícero Cordeiro

Contatos com o autor:

18 de março de 2014

Blog Uma Visão Missionária na ADECIN.


Representando as experiências vividas no Uruguai em dezembro de 2013 e representando as divulgações feitas por nosso blog, pregamos na ADECIN - Assembleia de Deus em Cidade Nova sobre os "Quatro Pilares da Evangelização" e como é feita a manutenção de um missionário em solo estrangeiro em meio aos embargos do país.


7 de março de 2014

Blog Uma Visão Missionária - Uruguai 2013 - Treinta y Tres - Usa-me.


Lembrando desses dias de evangelização em terras uruguaias!

Carnaval 2014 - Projeto Vida Nova - Ruge Leão.

Bloco Cara de Leão

Nosso Blog esteve mais uma vez na Avenida Rio Branco, desta vez, para acompanhar o trabalho evangelístico realizado pelo BLOCO CARA DE LEÃO do Projeto Vida Nova. Este bloco desfila há mais de 17 anos no Centro do Rio de Janeiro, anunciando a mensagem de salvação através de Cristo Jesus!

Através de um enredo, que pode ser considerado hino, quatro alas coreografadas se apresentaram esta semana. São alas bem definidas e com funções bem claras na letra do enredo. Uma ala com encenação, outra com a bateria e mais duas com situações cantadas no hino enredo.

Os membros da Igreja sede e de suas filiais demonstraram que não vieram fazer uma apresentação ou "pular Carnaval"; mas, demonstrar a alegria que Jesus oferece e que não é a alegria passageira do Carnaval.

Enquanto as alas vão se apresentando, protegidas por um cordão humano de servos voluntários... Outra equipe muito importante toma as calçadas e as ruas adjacentes à Avenida Rio Branco, abordando as pessoas, oferecendo a Revista Oficial da Igreja e pregando o Evangelho com ousadia para os foliões nas ruas. Segundo declara o apóstolo Ezequiel Teixeira, fundador do Projeto Vida Nova: "É uma estratégia para gerar muitos filhos para Deus”.

O Bloco Cara de Leão tem muita organização, principalmente devido a equipe de apoio. Por várias vezes, vimos irmãos distribuindo água aos membros participantes, devidamente uniformizados para amenizar o calor.

Durante a evolução do bloco, pastores de todas as congregações do Projeto intercedem pela cidade e pelas pessoas que estão nas ruas, profetizando libertação, cura e salvação. Vimos vários orando de cima do Trio Elétrico, impondo mãos e, algumas vezes, parando o som para deixar uma Palavra de Salvação. Não foi show, não foi entretenimento... A evolução aconteceu naturalmente, enquanto os membros, e isso nos emocionou, cantavam o hino enredo de cor! Demonstraram que ensaiaram durante muitos meses para que este momento desse efeito sobre a vida das pessoas. Feito o momento de oração e apelo, pudemos visualizar pessoas se quebrantando na presença de Deus e aceitando a Cristo.



Tudo ocorrendo bem no evangelismo de carnaval, alas organizadas, bateria afinada, interpretes cantando... Algo a mais se destaca: a apresentação da equipe do Ministério de Artes e em Especial, Ana Paula Nascimento, do Projeto Vida Nova de Vilar dos Teles, que interpretou uma mulher oprimida pelo peso e traumas diários de uma pessoa.


















Durante anos o Projeto Vida Nova suportou muitas críticas, mas só deixou de desfilar uma vez. O foco é gerar sede nas pessoas que assistem ao bloco, SEDE DE CRISTO! Ainda hoje, as críticas continuam por uma minoria de evangélicos, mas muitas igrejas despertaram para a necessidade de evangelização estratégica nestes dias de Carnaval.

A Igreja de Cristo no Rio de Janeiro despertou para o chamado de Jesus, e está cumprindo o ide também no Carnaval.

Alas do Bloco Cara de Leão:

Pequenos Guerreiros – crianças
Alegria – adolescentes
Geração Eleita – jovens
Bateria – todos os membros da Igreja
Ilusão – membros do Ministério de Artes
Libertos – todos os membros da Igreja

Parabéns a toda equipe! Foi maravilhoso cobrir o trabalho de vocês e juntos evangelizarmos os ambulantes, as pessoas que passavam nas calçadas e levar Jesus Cristo a todos os corações sedentos por eles.


6 de março de 2014

Carnaval 2014 - CEIZS e a Avenida Rio Branco.


Há anos, época de Carnaval para evangélicos é sinal de retiro, praticados pela maioria das igrejas evangélicas. No entanto, nos últimos 20 anos, em especial o evangelismo, têm ganhado força total e quebrado muitos preconceitos.

O Blog Uma Visão Missionária foi conferir de perto como é feito o evangelismo de rua na época do Carnaval, no terreno do inimigo. O que vimos foram duas igrejas engajadas em ganhar almas para Cristo no ritmo do Carnaval, sem ofender os preceitos bíblicos. Se nos retiros os crentes buscam confraternização e consagração espiritual, fora deles, nós vimos a CEIZS - Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul disposta a transmitir o Evangelho de diversas formas. 

O Carnaval foi o foco das atenções para os servos de Deus que não saíram da cidade e resolveram se unir para impactar a Avenida Rio Branco e adjacências no Centro da cidade do Rio de Janeiro.


Não faltou bateria!


Não faltou bandeirão com o Nome que é sobre todo nome! JESUS!


Não faltou ritmo ao cantarem o enredo com tom evangelístico:

"A alegria do Senhor é a nossa força
Vem trocar tua tristeza por esta alegria
Não há tempo a perder, vem com a gente celebrar
Jesus te ama e tua vida quer salvar"

Afirmou a primeira estrofe do enredo "Bênçãos Ilimitadas".




Nós vimos de perto, os membros não somente desfilando, cantando o enredo, fazendo coreografia, ou barulho com a bateria... O que vimos foi uma das primeiras igrejas que “abriu caminho” para este tipo de evento no Rio de Janeiro, abordar pessoas nas calçadas e na pista com uma palavra de salvação, expondo Jesus Cristo com amor... O que vimos foram ambulantes chorando enquanto a igreja passava em desfile, o que vimos foram homens de Deus que eram pregadores da Palavra e, hoje, infelizmente, mendigam nas ruas do centro, chorarem retornando ao aprisco...

A Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul não faz mais retiros espirituais há mais de 19 anos e nos dias do Carnaval tem se apresentado todos os anos na Avenida Rio Branco junto com seus membros, apresentando enredos que falem da Salvação e coreografias que representem o amor de Jesus Cristo pelo homem pecador.




Este ano, a presença do Cantor Cid Guerreiro trouxe um gás a mais. O cantor se converteu há alguns anos e tem contado seu testemunho por onde passa, causando uma mudança espiritual em muitas pessoas através do agir do Espírito Santo. Além de pregar na Avenida Rio Branco e cantar para todos a nova versão do sucesso mundial "Ilariê", que ganhou versão gospel, Cid Guerreiro participou da Conferência de Avivamento, que acontece durante os dias de Carnaval na CEIZS.

São cultos feitos para preparação dos que desfilarão na Avenida Rio Branco, que inclui oração, palestras e jejum. O pastor Marco Antônio Peixoto, responsável pelas atividades, não proíbe que seus membros participem de retiros, que ele considera importante, mas não abre mão da experiência que é evangelizar foliões nas ruas na época do Carnaval.

No caso da Comunidade, este trabalho é uma forma de estratégia, de desafio evangelístico, realizado com sinceridade, trabalho, jejum e oração. Nós vimos de perto a seriedade deste trabalho que reuniu mais de três mil pessoas desfilando ao som de um trio elétrico, cantando hinos de louvor.

Parabéns Pastor Marco Peixoto e toda CEIZS - Comunidade Zona Sul!

5 de março de 2014

A marca dos retiros de Carnaval.

Foto Google
Centenas de evangélicos deixaram de lado os quatro dias de carnaval. Hoje foi dia de retornar a vida do dia a dia. Esta noite muitos contarão suas experiências de conversão, de encontro com Deus e de batismo pelo Espírito Santo a alguns pentecostais. Muitos diriam que se não fosse os retiros, muitos evangélicos teriam caído na folia. No entanto, discordamos. Retiro, quando bem planejado e organizado é uma fonte de renovação de forças para o ano todo, mas não pode ser regra de fé para quem não pode pagar para participar.

Uma igreja que organiza retiros deve ser capaz de manter suas portas abertas com programação diferente aos que ficarão na cidade. O "AcampaDentro" é uma opção muito valiosa.

No entanto, quem pode ir a um retiro, não deve ser impedido. Participar de um retiro espiritual, que também tem muita dança e música, mas sempre dedicados a Deus é uma forma de separação. Assim como participar de um retiro com muita piscina, cachoeira, campo de futebol é, também, uma forma de buscar a Deus. É o encontro com outras pessoas que podem ou não ser da mesma denominação, mas aprenderão muito uma com a outra.

Retiro é um momento de reflexão. É uma busca por estratégias de evangelização, que farão oportunidades surgirem em prol de levar jovens para perto de Deus durante todo o ano. É encontro pessoal com o Senhor, com Jesus.

É uma oportunidade de aproveitar os dias de folga de uma maneira diferente e deixar os pais mais tranquilos. Os líderes de retiros são as pessoas que poderão orientar na Palavra de Deus, na devoção ao Senhor Jesus e nas gincanas bíblicas e esportivas que farão os participantes aprenderem muito, se divertindo! O que não pode e nem deve acontecer é deixar a falta de organização e de pessoal experiente frustrar o passeio com um acidente que gere morte e dor como tem acontecido em muitos retiros nos últimos cinco anos.

A marca dos retiros tem que ficar pra sempre na alma do participante! Tem que servir de modelo para novas gerações. É uma forma de aprendizado! É um momento a mais com Deus! O que não pode ficar como marca de um retiro é a perda de almas, é a perda de uma vida. Retiro não deve ser fuga por conta dos quatro dias mais tenebrosos do ano em nosso país. Senão, infelizmente, o que veremos serão os participantes enterrando amigos e parentes. Acidentes acontecem, mas podem ser evitados. 

2 de março de 2014

Satanismo - Realidade ou Filme de Terror?

http://www.hojeemdia.com.br/
Quem já viu ritual de magia negra em filmes, provavelmente, não acredita que aconteça realmente e pense que é fruto da imaginação demoníaca de autores e roteiristas, mas devo lhe acordar... Psiu! Acorde! Isso existe e já está em solo brasileiro. Se posicione!


Quem nunca viu filmes como:

1. O Ritual (2011) 
2. Filha da Luz (2000) 
3. A Chave Mestra (2005) 
4. Possuído pelo Demônio (2000) 
5. Constantine (2005) 
6. Stigmata (1999) 
7. O Último Exorcismo (2010) 
8. Madre Joana dos Anjos (1961) - baseado em fatos reais de exorcismo de freiras polonesas que estariam possuídas. Primeiro filme a falar sobre o tema. 
9. Coração Satânico (1987) 
10. Fim dos Dias (1999) 


É, parece que além dos filmes e de se manifestar em outros países e continentes como sabemos que acontece na África, o "agente do subsolo" como costumo chamar o anjo decaído resolveu agir no Brasil. Enquanto muitos cristãos estão preocupados com brigar entre si, passar horas curtindo e compartilhando baboseiras em rede sociais, o mal vai tomando espaços que deveriam ser nossos há muito tempo.

Camilla Christine de Oliveira Souza, de 18 anos, morreu durante um ritual de magia negra. Não, ela não é africana. Não, ela não pertencia à seitas, mas morreu com golpes de faca no pescoço, teve seu sangue bebido por seus assassinos como se fossem vampiros sugando sua vítima. Os meliantes estão presos no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp), em Belo Horizonte. O crime ocorreu no Dia das Bruxas, que nem é um dia comemorado por brasileiros. É uma cultura americana, que algumas escolas belingues insistem em querer implantar acima da Cultura Brasileira.

Raony Dias Miranda, Kliver Marlei Alves dos Santos e Warley dos Reis Valentin da Silva, todos de 19 anos, negam participação do crime. Conforme apurações da Polícia Civil, o crime foi motivado porque os suspeitos discordaram da atitude da vítima, que havia iniciado no candomblé e, por isso, ganhou um cordão de proteção, que é repassado para todos os membros da religião. No entanto, a jovem arrebentou o guia (como eles chamam o cordão).

No dia 31 de outubro, para proteger seus corpos, eles decidiram sacrificar a jovem. Para isso, atraíram Camilla até a casa de Raony, no bairro São Bernardo, região Norte da capital. No sofreu o ataque. Durante o assassinato, eles colocaram um prato debaixo do corpo da vítima para recolher seu sangue, que foi bebido posteriormente. Para se desfazer do cadáver, os acusados arrastaram o corpo da vítima até a calçada. Ao ser encontrada havia lesão no pescoço e pouco sangue no corpo. Um familiar da vítima informou que uma semana antes do crime, recebeu uma ligação de uma pessoa que se identificou como Lúcifer e disse que alguma coisa ruim aconteceria com sua família.

"Raony é pai de santo e se diz feiticeiro. Além disso, a polícia disse que ele é homossexual assumido, drag queen e fazia programas junto com seu superior no candomblé. O trio deve ser indiciado por homicídio qualificado, por motivo cruel, torpe e sem direito de defesa da vítima." - afirmou o site "Hoje em Dia".

Amados, precisamos acordar e lutar contra as maldades deste mundo. Precisamos ser intercessores. Vamos levantar e alçar nossa voz, nos posicionarmos, senão Satanás continuará usando pessoas de mente fraca para atingir outras.

É tempo de clamar pelos aflitos e cegos de espírito. É preciso pedir discernimento a Deus e agir em prol do Reino de Cristo. Pessoas precisam serem libertas!


LUTO: Testemunho Denise Siqueira.


Semana passada, mais uma flor foi tirada de nosso jardim e foi levada por nosso Senhor Jesus Cristo.
Pedimos oração por toda a família Siqueira de Paula. Mesmo não estando entre nós, a missionária Denise continuará sendo exemplo de perseverança.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!