Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

29 de dezembro de 2013

Uruguai: Diário 6 - A Cidade.


Conhecidos como os 33 expedicionários de 1825. Os "33 orientales" deixaram história na cidade de Treinta y Tres no Uruguai. Até hoje, estes valorosos uruguaios tem sido objeto de diversas controvérsias desde 1832. O número de 33 foi aceito, depois de vários nomes em listas diferentes devido aos apelidos de alguns dos integrantes da expedição. 







Estes líderes libertadores pertenciam à loja "Los Caballeros Orientales" e usaram, simbolicamente, o número 33, o grau supremo da maçonaria para ficarem conhecidos. A cidade de Treinta y Tres tem 49.318 habitantes (segundo Wikipedia), e não 600.000 como foi divulgado anteriormente (dados fornecidos por moradores locais). É considerada a cidade com mais incidência de tráfico de drogas, suicídio e feitiçaria em todo o Uruguai, segundo dados fornecidos por moradores que entrevistamos.

Nossa ida ao Centro da cidade deu-se para percebermos os símbolos maçônicos que se encontram em toda a cidade, desde uma estátua até um monumento (Obelisco) no centro da praça central. A história da formação do Uruguai e de sua independência, proclamada a 25 de agosto de 1825, está intimamente ligada à maçonaria, que chegara com os primeiros colonos a Montevidéu.

As lojas maçônicas existem e são pregadas por homens livres, praticantes da verdade, do amor e da tolerância, respeitadores das leis e dos costumes, das autoridades e da opção religiosa de cada um, conforme a própria . No entanto, o que percebemos é que há muita discriminação em relação aos que ainda não aderiram à maçonaria.


Em qualquer lugar da cidade que passamos, vimos o busto do "libertador uruguaio", que revolucionou o país nos Movimentos de Libertação das Colônias espanholas, José Gervasio Artigas. Todos os prédios públicos possuem seu busto.

Artigas era um comerciante de couro de gado no Uruguai, com grande influência junto à população rural. O hino uruguaio, em suas mais belas estrofes, imortalizou o lema de "Uruguai; Liberdade a qualquer Custo!", proclamado pelos orientais, nas lutas pela independência. 

Orem por esta cidade e seus habitantes, para que a verdadeira liberdade chegue até eles e que possam ser prósperos em tudo, pois não são pobres. São povo rico de cultura e costumes. Só necessitam conhecer a Jesus Cristo. Acreditem, tem quem ainda não o conheça.






A única igreja que encontramos no Centro da Cidade, pelo menos na parte que andamos: Igreja Batista estava fechada há várias semanas, pois seus líderes estavam em férias.



Todos aqui possuem moto.
Qualquer um, após os quinze anos pode ter uma.




É isso mesmo que você está vendo: ARMAS, e de grosso calibre que são vendidas em loja de departamento como qualquer outro utensílio. No Uruguai, qualquer um pode comprar armas em lojas comuns, basta apresentar documentação.






Ônibus local que leva até Montevidéu, capital do Uruguai.




Hotel da cidade, um dos mais procurados.




Escola pública com o busto de Artigas na frente.






Armas à venda em lojas de conveniência com a facilidade na compra. Segundo os missionários que nos receberam, os suicídios são frequentes e muito pouco divulgados nas mídias. O índice de suicídio em 33 é muito alto e muitos provenientes de armas de fogo.

Oremos por esta cidade, que precisa ser alcançada pelo amor de Jesus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!