#BUVM no Sertão em 2018!

O que você procura?

26 de junho de 2013

Pr. RICARDO MIRANDA E O TERRITÓRIO GUARANI.




Prezados leitores, peço que leiam a carta missionária do Pastor Ricardo Miranda (SEMIPA), para que possam entender o que é pregar o Evangelho em Território indígena e suas dificuldades. Orem por ele e sua família. Contribuam financeiramente, para que possam continuar empregando os recursos em vestimenta e na educação dos pequeninos índios. Isso é fazer o IDE!

****

Território Guarani, Junio de 2013. 

Graça e paz amados irmãos, 

Estamos muito felizes em cumprir o mandato do Senhor em ir por todo mundo e levar o evangelho a toda criatura e sermos usados por ele nessa missão. 

Desde já queremos agradecer todos àqueles que têm contribuído para o Projeto Visão seja por Semipa ou por através de nossas contas particulares, somos gratos a todos que conhecemos desde o inicio da nossa caminhada até os que não conhecemos pessoalmente, mas acreditam na seriedade daquilo que estamos fazendo, isso é umas das razões para não desanimarmos. 

Este mês também recebemos a visita da irmã de Lúcia e seu esposo, foi muito bom ter o Claudio e a Aparecida em nossa casa e assim eles também viram de perto as necessidades, entre elas a questão de não termos um veículo aqui e justamente por causa disso, eles só puderam visitar a aldeia de Yvy Atain. Mas cremos que foram dias de reflexão para vida deles e poderão levar muita coisa para as suas igrejas.



Gostaria também de participar aos irmãos que já nesta virada de segundo semestre estaremos viajando e indo a algumas igrejas que tem nos convidado para participar em alguns eventos missionários e serão oportunidades que teremos para divulgar mais o projeto e levantar recursos já que possuímos muitas carências entre elas: conseguir recursos para aquisição de um veículo e recursos de manutenção do mesmo; 

Ter uma estrutura básica na aldeia de Ymorotî; E, melhorar a estrutura na aldeia Yvy Atain onde a igreja já esta pequena e necessitamos de mais bancos.




Por outro lado já começamos a discípular os seis (6) irmãos que aceitaram Jesus em Ymorortî e começamos usando todos os meios principalmente o visual, pois um dos maiores problemas entre eles são os vícios então já começamos nesta parte e assim em diante. Junto disso a irmã Romélia (esposa do Osiel) começou também a pré-alfabetização das crianças. Isso sempre foi um sonho de todos nós aqui, em cada aldeia ter uma escola mesmo que pequena com duas salinhas simples de madeira, uma sala de atendimento de enfermagem anexado a igreja. Irmãos se não discípular-mos, principalmente essas crianças vem o narcotraficante e discípula isso é uma realidade! Investir no social não é opção e sim necessidades embora muitas lideranças não pensão e não enxergam assim. Mas graças a Deus aqueles que o Senhor tem colocado ao nosso lado em contribuição possuem essa visão social no reino de Deus! 

Também na aldeia de Yvy Atain tivemos um dia de campanha evangelística e Deus usou poderosamente o irmão Eliseu (primo da Romélia), foram momentos de mover do Espírito Santo na vida dos irmãos e o resultado foram cinco (5) pessoas aceitando Jesus, dentre eles o esposo da irmã Niña. Irmãos, os guaranis são muito receptíveis a Palavra de Deus, mas dentre os de sexo masculino há certa resistência, então sempre que um homem guarani aceita Jesus e segue nos caminhos do Senhor é uma vitória maior ainda.




Então juntando as seis pessoas que aceitaram Jesus em Ymorotî e as cinco na campanha em Yvy Atain e mais Don Rodolfo (aquele que levei para ser cuidado no hospital) são doze (12) pessoas que aceitaram Jesus como Senhor e Salvador e à partir de desse domingo também vamos começar o discipulado em Yvy Atain. 

Ainda há muitas chuvas na nossa região e isso atrapalha muito, às vezes não está chovendo, mas as estradas não dão passagem para moto, mas o período seco se aproxima embora o frio seja intenso. 

Gostaríamos de estar pedindo aos irmãos que não deixe de orar por; 

Recursos para estruturação em geral; 

Pelas viagens que estaremos fazendo, para que Deus coloque pessoas certas no nosso caminho e livre-nos de aproveitadores; 

Para que seguimos sendo luz em meio ás trevas; 

E, para que o Espírito Santo continue convencendo os corações, e os irmãos que aceitaram Jesus nesse período cheguem ao batismo em águas. 

Agradecemos mais uma vez, aqueles que têm contribuído financeiramente, pois só se faz o concreto com recursos financeiros, também aqueles que têm orado para que Senhor traga o sobre natural e também por nossa segurança aqui nessa região. 

Também estejam orando pelos indígenas no Mato Grasso do Sul, pois tem havido muitos conflitos entre fazendeiros posseiros e guaranis. Infelizmente notamos de perto a apatia das igrejas sul-mato-grossense onde poucas têm levado uma palavra de conforto e alguma ajuda social a eles. E, isso reflete aqui na nossa cidade onde todos acabam tomando conhecimentos dos fatos.

Em Cristo, Miss. Ricardo e Lúcia e família 

Fale conosco: TIM 041 67 8118-2600 / CLARO 021 67 9180-6654 

Nosso e-mail/msn: ricardoemaripora@hotmail.com

www.facebook.com/ricardo. d. miranda 

Contribua: Banco Itaú AG. 0512 C.C 28.297-1 ou Caixa Econômica Federal AG. 0886 C. Poupança 00007271-0 operação 013
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!

Missões Uruguai em Treinta y Trés.

Expedição Missionária Piauí.