#BUVM no Sertão em 2018!

O que você procura?

31 de julho de 2012

CHARLES HADDON SPURGEON


Você já ouviu falar em Charles Haddon Spurgeon? Semana passada ouvi muito sobre este homem. Conversava com um amigo sobre missionários cristãos que vivem na China e não podem nem identificar-se, pois se o país comunista souber da existência deles... Podem ser presos em campos de trabalhos forçados, mortos e, se derem sorte, deportados. 

Foi aí que lembrei de uma época em que o simples fato de optar pela religião evangélica equivalia a colocar a cabeça a prêmio. Fui estudar um pouco sobre isso e li, que no século XV, Carlos V, então imperador espanhol, mandou queimar milhares de evangélicos em praça pública. 

Século XV! Não era na época de Jesus não amados. Século XV é logo ali. Seis Séculos atrás. E pior que Carlos V foi o filho, Filipe II, que vangloriava-se de ter eliminado cerca de 18 mil "hereges protestantes", como nos chamavam na época.

Fez-me lembrar o Holocausto e a fuga de milhares de Judeus, que os espalhou pelo mundo inteiro (Diáspora). Claro que esta perseguição do Século XV em nada se compara a sofrida pelo povo judeu, mas cito como lembrança.

FOTO DO SITE:  http://inacreditavel.com.br/wp/nakba-%E2%80%93-a-grande-catastrofe/ 

Voltando ao Século XV... Quero citar que este estudo sobre a perseguição me ajudou muito neste período de recesso. Eu tenho sofrido alguns ataques por causa deste blog. Já falei isto aqui. Tem pessoas que acham desnecessário falar sobre missionários e dizem que eu devia falar mais de JESUS. 

Concordo em parte. Acredito que os missionários devem continuar a serem lembrados e sim, concordo que o Nome de Jesus deva ser mais citado, por isso, contarei com a ajuda de alguns amigos teólogos que escreverão mais a respeito ou me ajudarão a aperfeiçoar meus textos.

Esse período de reflexão foi bom, também, para entender que não importa o motivo... Perseguição sempre houve e sempre haverá. Basta alguém discordar do que você pensa. 

Não quer ser perseguido? Não pense! Vire alienado! Só que eu escolhi pensar. Eu escolhi divulgar missionários SIM! Eu escolhi me importar com aqueles que se importam com pessoas que eu, talvez, nunca, vá ter contato. Eu escolhi amar missionários. Eu escolhi não somente orar e ofertar. Eu escolhi ajudar outros a fazerem o mesmo: NÃO ESQUECEREM NENHUM MISSIONÁRIO ONDE QUER QUE ESTEJAM!

E, se isso, vai te fazer me agredir... Fique à vontade. Eu tenho certeza de minha salvação, eu sei em quem tenho crido e sei que vou morar no céu... COM JESUS!

Mas por que citei Charles Haddon Spurgeon? Citei porque "milhares de cristãos foram para a Inglaterra com a perseguição do Carlos V e seu filho. Dentre eles, estava a família de Charles Haddon Spurgeon (1834-1892). Spurgeon se tornaria um dos maiores pregadores de todo o Reino Unido." Um excelente missionário!

Era um evangelista que influenciou uma geração de pastores e missionários com suas palestras, sermões e livros e, segundo li em alguns sites... Até hoje é chamado de "Príncipe dos pregadores".

Spurgeon não ficava de púlpito em púlpito sem sair às ruas para evangelizar como muitos pregadores ficam hoje. Além de pregar, distribuiu folhetos nas ruas e a ensinou a Bíblia na escola dominical para crianças em Newmarkete Cambridge e, aos poucos, ajudou a implantar muitas congregações, um seminário e um orfanato. Perceberam? Evangelização com ação social! Nós sempre falamos disso aqui. Evangelizar com ação social é amor ao próximo.

O poder do Espírito Santo e a paixão pelas almas... Leitura e estudo da Palavra de Deus e oração... Muita oração foram fundamentais para pregar o Evangelho de Jesus Cristo. Além disso, as curas milagrosas feitas por Jesus nos cultos dirigidos por Charles Haddon Spurgeon aconteciam mesmo. Isto é, ainda que muitos tentem banalizar a palavra MILAGRE. Ele ainda acontece, porque CRISTO está vivo. RESSUSCITOU!

E não há perseguição certa contra os escolhidos de Deus. Missionário! Ainda que a perseguição esteja forte. Fique firme! Deus é contigo.

Aprofunde-se na história do pregador inglês. Leia o texto de Marcelo Dutra na Revista Graça, ano 2, nº 19 – Fevereiro/2001.

                 http://www.renovado.kit.net/spurgeon.htm

27 de julho de 2012

RENATO MAGNUS - MISSÕES NO SERTÃO




Há muito tempo que estou para postar matéria sobre Renato Magnus, um missionário dedicado à obra missionária. Um homem que não mede esforços para alcançar recursos necessários para abençoar ao povo do sertão. 

Renato Magnus de Souza Costa, Erica Juliana Felipe da Silva Costa e Ana Sara da Silva Costa pertencem à Igreja Batista Independendte Brasil Novo, na cidade de Acari e Currais Novos no Rio Grande do Norte, Estado brasileiro. Trabalham com evangelismo e implantação de igrejas nestas cidades. Não possuem muitos recursos, mas Deus não tem deixado faltar nada.

Estão em busca de um terreno para construção em Acari, com o objetivo de levantar missionários, homens e mulheres de Deus que vivem com o chamado e não tem oportunidades de pregar a palavra. Visitam algumas comunidades e povoados pregando a palavra de Deus e mostram a Luz de Jesus a pessoas que precisam enxergar no escuro, para que elas possam achar o que procuram que é Jesus Cristo. 

Outros projetos estão em oração para ser desenvolvidos com o decorrer do tempo nestas cidades e comunidades vizinhas, assim poderão ver a Glória do Senhor na vida dessas pessoas, que são muito carentes de atenção. O Senhor os tem capacitado, pois não é nada fácil pregar no meio do nada. Muitos lugarejos não possuem recursos e nem ajuda do Governo. Parece até outro país.

Segundo o missionário Magnus: "Precisamos nos levantar cada dia mais para essa obra a Palavra do Senhor nos diz: “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” (Mateus 5.14-16). Não podemos parar.".

LEIAM ABAIXO OS DADOS QUE O MISSIONÁRIO ME ENVIOU.

Planos e Projetos para o Futuro

Tenho vários planos e projetos futuros para nossa vida no campo missionário, queremos implantar igrejas nas cidades e comunidades que estamos, ganhar almas pra Jesus nesses lugares, implantar vários projetos sociais que possam resgatar adultos, jovens e crianças das drogas, idolatrias, alcoolismo e prostituição, transformar todos eles pela graça do Senhor Jesus Cristo em Servos e Servas do Deus altíssimo.

Descrição do Local/Povo

A pequena cidade de Acari, no Seridó Oriental do Rio Grande do Norte possui população de 11.209 habitantes (IBGE, 2000), sendo 8.865 habitantes na zona urbana e 2.344, na zona rural. A cidade possui ainda área de 596 quilômetros quadrados. A cidade de Acari está numa posição privilegiada, abrindo uma paisagem sertaneja, come um cartão postal para quem viaja de Natal em direção ao Sertão do Seridó Norte-rio-grandense, é uma cidade que tem características naturais marcantes, apresentando uma geomorfologia rica em montanhas e rochedos, um patrimônio histórico-cultural expressivo e diferente do que se apresenta no major parte do estado.

• A população é predominantemente católica, idólatra ao extremo e ignorante em relação à Palavra de Deus.

• Nível de drogas altíssimo em toda a região

• Área rural carente de serviços de saúde.

• Região com o maior número de crianças trabalhando.

• Faz parte de uma das regiões do sertão nordestino com o maior índice de pessoas desempregadas do país.

• Área menos evangelizada do Brasil e consequentemente menos evangélica.

• Nível de escolaridade muito baixo, com alunos alfabetizados precariamente. O índice de analfabetismo na zona rural nordestina é elevadíssimo.

Pedido de Oração

Peço oração por sabedoria, graça vinda de Deus para trabalhar nessa obra do Senhor e aperfeiçoamento na obra de Deus.

Pelo nosso sustento missionário, para que Deus levante mantenedores.

Pela a implantação das Igrejas, cadeiras e som para realização dos cultos.

Um transporte, que será útil para o trabalho dos missionários que utilizarão a mesma para evangelizar e discipular as pessoas nos povoados.

Meditem:

Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça;
2 Coríntios 9:10


Miss. Renato Magnus
Contato (Celular): (84) 8712.3193 - OI | (84) 9986.3919 - TIM
Facebook: /renato.magnus
Twitter: /_RenatoMagnus

Conta Para Ofertas Missionária
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Ag. 0805 OP. 003 C/C. 368-0

MISSÕES EM PAPUA NOVA GUINÉ.

Foto da Revista Época, 6 de julho de 2009,pág. 114.
GUERRA ENTRE CLÃS...
COZIMENTO DE ALIMENTOS EM BURACOS NA TERRA...
VESTIMENTAS COM PLUMAS E FOLHAS...
UNHAS AFIADAS FEITAS DE BAMBÚS...
UM CENA DE HORROR?

Você já ouviu falar em PAPUA NOVA GUINÉ? 
Tem missionário católico que conhece muito bem. Não posso dizer o mesmo de missionários evangélicos. São poucos que se aventuram a pregar o Evangelho nas pequenas ilhas do Pacífico. Não os culpo. É um lugar difícil mesmo. Muitos maremotos, terremotos, clima difícil... 


Mas a cena da foto da Revista Época não é uma cena de horrores. É uma cena de um dos moradores das montanhas da Papua Nova Guiné, uma das ilhas encontradas na região da Oceania. Uma região que concentra 73, 34% de cristãos, sendo 40% de evangélicos, segundo o site Clamor Missionário. As religiões Hindu, Budista, Muçulmana, Espírita e Judaica encontram-se por ali também. 


Em cada país e território oceânico, a maioria é cristã, mas o nominalismo e o secularismo desgastaram os nossos irmãos e prejudicaram o crescimento das igrejas. São mais de 5.000 missionários na Oceania, provenientes de várias agências missionárias, incluindo as católicas. 


No entanto, nenhum missionário consegue ficar mais que um ano nestes lugares. Muitos retornam devido às perseguições ou por conta dos problemas climáticos como tormentas, ciclones, maremotos e deslizamentos de terra.


Lembro-me, que enquanto membro e líder de Missões da Congregação Taquara, da igreja JUVENTUDE DE CRISTO, em 2009, nós fizemos um culto sobre Missões em Ilhas e abordamos estas dificuldades em pregar nestas terras longínquas.


Vamos orar pelos missionários católicos e pelos evangélicos. O importante é que o Nome de Jesus seja pregado às Nações.


Fonte:
http://revistaepoca.globo.com/
http://clamormissionario.com/missoes/mundiais/oceania/oceania.htm
http://www.meg.org.br/meg_curiosidades.php

Afeganistão.


Não costumo copiar textos e colar aqui no blog, mas estas informações abaixo são muito interessantes e merecem ser compartilhadas. As fontes estão ao fim do texto!!!

***
Afeganistão é um país montanhoso. A capital é Cabul. Ficou historicamente conhecido como uma das encruzilhadas entre o ocidente e o oriente. Isolado e preso a modos tradicionais de vida. As condições climáticas mostram grandes variações de acordo com o dia e a estação. Ocasionalmente, ventos na fronteira oeste do país carregam consigo enormes tempestades de areia. A população afegã é o reflexo da história do país, predominantemente rural e está estruturada em tribos e clãs.

O Afeganistão é um dos países mais pobres do mundo. Aproximadamente 80% da população dedicam-se à agricultura e à criação de gado. O Afeganistão, o que constitui um grande problema para os futuros líderes do país. A negligência de normas básicas de saúde pública e higiene também tem sido outro problema grave. Estima-se que 38% de todas as crianças recém-nascidas não sobrevivem além do primeiro aniversário, fazendo com que as taxas de mortalidade infantis sejam as mais altas do mundo.

O islã tornou-se a religião dominante e o controle político árabe foi substituído pelo domínio iraniano e turco do século X e do início do século XI. Foram vencidos por Gengis Khan por volta de 1220 e o país ficou sob o domínio mongol até o século XIV, quando um outro invasor mongol, Tamerlão, apoderou-se do norte do Afeganistão. No século XVI, os safâvidas do Irã e os uzbekos do norte fizeram expedições pela região. Os iranianos e os mongóis sufocaram as contínuas rebeliões dos afegãos.

Em 2001-2002 o governo afegão se nega a entregar o terrorista Osama Bin Laden. Os Estados Unidos, aliado à Inglaterra iniciam então uma ofensiva militar ao país, em busca do terrorista responsável pelos ataques que ocasionaram a queda das torres gêmeas do World Trade Center e a destruição parcial do Pentágono. 

Para maiores informações:
Patrick Johnstone, INTERCESSÃO MUNDIAL
Enciclopédia Multimídia Microsoft ENCARTA
Almanaque ABRIL, editora Abril
Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.


SITUAÇÃO MISSIONÁRIA
Havia uma certa liberdade religiosa em 1964-1992. Atualmente, o Afeganistão é um dos países menos alcançados do mundo, pelo Evangelho. Existem 48 mil mesquitas e nem um único prédio de igreja, nem mesmo uma comunhão de crentes. 

Muçulmanos: 99%
Hindus: 0,3%
Cristãos: 0,01% 
Missionários evangélicos/protestantes: 
Nenhum com permissão oficial. 

MOTIVOS DE ORAÇÃO
A liderança de Taleban estabeleceu as regras: as mulheres estão proibidas de estudar e de ter empregos, e os homens são obrigados a viver de acordo com um código islâmico rígido, que os obriga inclusive a usar barba.

Aos não muçulmanos é negada a liberdade de assembléia e a profissão aberta da fé em Cristo têm levado muitos à morte. Nesta nação ainda existem 88 grupos de povos não alcançados. Ore para que os abusos do regime de Taleban tenha o efeito de levar muitos a buscarem a graça de Deus.

Ore pelos 88 povos ainda não alcançados, especialmente: 
a) Os pushtuns, uma tribo vingativa, amante da guerra que vive na região da fronteira Afegão-Paquistão. Existe um pequeno número de cristãos entre eles. 

b) Os usbeques e turcomanos no norte. 

c) Os taiiques no nordeste em áreas urbanas. 

d) Os hazaras, muçulmanos shi'a de descendência mongol, que têm sido discriminados, mas têm respondido ao evangelho. 

e) Os nômades kuchinas regiões central e ocidental que eram 2.500.000 antes que a guerra destruísse seu estilo de vida. Eles representam muitas das tribos e línguas não relacionadas. Muitos fugiram para o Paquistão. 

f) Os Char Aimaq no oeste e os Baloch e Brahui no sul. g) As tribos Nuristani das disputadas montanhas ao norte e leste de Kabul. 

A trágica condição dos refugiados levará anos para resolver. O Paquistão está pressionando os refugiados para retornarem aos seus lares, e em 1992 cerca de 5.000 estavam voltando a cada semana. 

Os mi`jahidin (guerrilheiros) que controlam os campos vêm a muito tempo usando armas e ajuda do ocidente, mas agora manifestam-se muito anti-cristãos e anti-ocidentais. Muitos programas de ajuda cristã têm sido desvirtuados ou interrompidos, e pelo menos três obreiros de ajuda cristã foram mortos. 

Ore pelos cristãos que ainda procuram ajudar e testemunhar com muito tato em uma atmosfera e ambiente hostil. Alguns refugiados tornaram-se cristãos, mas uma confissão aberta tem freqüentemente levado à mortes. 

Os crentes afegãos são poucos e a maioria é da língua Dari. O seu número nas remotas áreas rurais ou urbanas tem se multiplicado pelo testemunho dos expatriados, dos crentes afegãos e mesmo dos soldados russos cristãos. A guerra tem dado alguma proteção a esse pequeno número de testemunhas. 

Ore pela continuação e crescimento da igreja nesta década de 90; o governo fundamentalista poderá trazer perigo. 

A Missão de Assistência Internacional é uma organização cristã financiada por 26 missões e reconhecida pelo governo, a qual tem continuado funcionando na capital durante toda a guerra. Seu ministério de amor pelos cegos, mutilados, doentes, desamparados, analfabetos e necessitados tem sido uma recomendação à mensagem cristã que tem trazido algum fruto. 

As condições de guerra e insegurança não são fáceis para o grupo de 70 que vieram de muitos países; ore por estes, e pelo recrutamento de outros dedicados "fazedores de tenda" com um amplo leque de habilidades. Este é um dia de oportunidade pouco comum. 

Distribuição da Escrituras. O recente Novo Testamento Dari está à disposição em quantidade, e o da língua Pushtu em pouca quantidade. Ore pela efetiva distribuição apesar das dificuldades. 

Ore pela tradução das Escrituras em outras línguas também; existe trabalho em desenvolvimento em pelo menos oito línguas, mas para as 29 outras pode haver necessidade de tradutores. Há muito tempo que não se faz uma pesquisa das línguas e isso é uma grande necessidade neste pós guerra. 

A Mídia. Ore para que todos os métodos apropriados de testemunho sejam usados com eficiência. 
a) A GRI tem feito gravações em áudio para 38 línguas e dialetos: entretanto há falta de cassetes e vídeos evangélicos eficientes. Ore pela produção e distribuição. 

b) Rádios Cristãs. As rádios FEBA e IBRA transmitem cerca de duas horas por semana em Pushtu, a FEBA 50 minutos semanalmente em Dari, e a FEBC, HCJB e TWR 4,4 horas em Uzbek. 

Ore para que mais cristãos que falem Dari e Pushtu estejam à disposição para preparar programas. Ore também pela programação que irá começar na línguas Hazaraqi e Pushtu ocidental.

Fonte:

Pr. Jorge Videira - Distinção Hierárquica.


AMADOS AMIGOS... DEIXO AQUI, UM RELATO, COM AUTORIZAÇÃO DO Pr. JORGE VIDEIRA, QUE MUITO ME IMPRESSIONOU QUANDO LI NO FACEBOOK. 

REDES SOCIAIS AJUDAM MUITO EM CONHECIMENTO, QUANDO ESCOLHEMOS BEM NOSSOS AMIGOS E COMPARTILHAMOS O QUE POSSA EDIFICÁ-LOS.

ENTÃO, DEIXO COM VOCÊS O TEXTO ABAIXO E ACREDITO QUE PODEMOS APROVEITÁ-LO NO ÂMBITO MISSIONÁRIO.

********

"Queridos amigos do face, devido a tantos comentários sobre o fato de tantos movimentos neopentecostais estarem surgindo em nossos dias cujos líderes são bem conhecidos por seus títulos bem elaborados, pensei que fosse útil um comentário sobre os títulos por eles usados, principalmente o de "apóstolo", tão em moda ultimamente. Espero que contribua para o esclarecimento daqueles que gostam de pesquisa bíblica e não seguem a qualquer vento de doutrina, Obrigado Pr. Jorge Videira...

A palavra apóstolo vem do grego (apostellein) e dizia respeito ao servo de alguém com uma autoridade maior para executar determinadas tarefas ao ponto de ser enviado para cumprir determinada missão. O apóstolo estava debaixo da autoridade de alguém para executar determinada ordem ou trabalho, mas com o tempo, a palavra foi usualmente sendo modificada para ("apostelo"), que significa alguém incumbido de levar algo de muita importância para outra pessoa. Daí sua utilização no caso eclesiástico: aquele que leva a mensagem do evangelho.

No início da igreja primitiva o título ficava restrito somente aos que viram, andaram com Jesus e foram escolhidos diretamente por Ele: Os doze, como eram chamados, Ex. Mc 3. 14-19. Mais tarde, depois suicídio de Judas Iscariotes, os onze apóstolos se reuniram e de uma forma bem democrática e ao mesmo tempo teoclássica, escolheram Matias: At 1.12-26. 

Embora a Igreja Católica tenha colocado sobre Pedro uma espécie papado dando-lhe maior autoridade sobre a igreja da época, os textos bíblicos revelam que a igreja primitiva tomava suas decisões sempre em assembleias chamadas de concílios. Vejam por ex. At 15. 

Jesus nunca formou um super apóstolo que estivesse sobre os outros com toda a autoridade, mas formou um corpo de apóstolos para que decidissem juntos. Ele não deixou um substituto único com superpoderes infalíveis.

Nesse início, era bem difícil para alguém entrar nesse circulo fechado. Notem que o Apóstolo Paulo teve sérios problemas para ser aceito nesse quadro, pois seu contato com Jesus foi através de uma visão pessoal e não de um chamado com testemunho público, mas depois que todos entenderam a verdadeira função de um apóstolo, tudo ficou resolvido. 

Embora o termo "apóstolo" continuasse a ser uma espécie de honra maior dada aos que andaram pessoalmente com Jesus, outros apóstolos foram escolhidos para executarem a obra na função que o nome determinava: enviados com a missão de pregar. Por ex.: Barnabé e Saulo, nome hebraico de Paulo (At 14.14); Judas e Silas (At 15.22), Andrônico a Júnias (Rm 16.7) etc.

Os novos apóstolos iam de cidade em cidade levando a mensagem e passando as informações da liderança em Jerusalém (At 16.4). 

É bom que observemos que quando o Apóstolo Paulo escreve aos Romanos, cap. 1 verso 1; cap. 11, verso 13; 1 Coríntios cap. 1 verso 1, está se referindo a sua consagração por imposição de mãos recebida pelo corpo de líderes da Igreja, composta de Apóstolos, Presbíteros e a própria igreja reunida. Repare que o texto é claro: 

"Os discípulos decidiram, então, mandar uma ajuda, cada qual segundo suas possibilidades, aos irmãos que viviam na Judéia. Assim o fizeram. E enviaram a ajuda aos anciãos por meio de Saulo e Barnabé". (At 11:29,30).

Notem que Paulo, ainda chamado de Saulo, junto com Barnabé, são enviados por uma autoridade maior. Eles não se auto intitulam apóstolos ou qualquer outro título, a escolha é feita pelo corpo de Cristo: A Igreja reunida. Somente depois de comprovado valor demonstrado por obras e não por imposições ou guerrinhas pessoais, Paulo e Barnabé são separados para o ministério apostólico. Reparem no texto abaixo:

Havia profetas e mestres na igreja de Antioquia. Eram eles: Barnabé, Simeão, chamado o Negro, Lúcio, da cidade de Cirene, Manaém, companheiro de infância do governador Herodes, e Saulo. Certo dia, eles estavam fazendo uma reunião litúrgica com jejum, e o Espírito Santo disse: ""Separem para mim Barnabé e Saulo, a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os chamei"". Então eles jejuaram e oraram; depois impuseram as mãos sobre Barnabé e Saulo, e se despediram deles. Enviados pelo Espírito Santo, Barnabé e Saulo desceram a Selêucia e daí navegaram para Chipre. (At 13.1-4).

O texto acima é muito esclarecedor, como já disse, Paulo e Barnabé não se auto proclamaram bispos ou apóstolos, eles foram separados, consagrados com a imposição de mãos e ENVIADOS (daí o nome apóstolo) pela igreja. O que significa que toda a linda obra realizada por suas mãos, as igrejas fundadas, os obreiros consagrados e separados, as Cartas valiosíssimas; TUDO ESTAVA DEVIDAMENTE DEBAIXO DE UMA AUTORIDADE CONSTITUIDA. Essa autoridade era formada, como já disse acima, dos apóstolos, dos presbíteros e da própria igreja reunida. O próprio texto em referência, Atos 15. 2, mostra que a decisão era tomada pelos apóstolos (reunidos e não um sobre todos), os presbíteros (anciãos separados) e a igreja (todos os membros). Era uma Assembleia Geral de Membros e não um pacote de regras e leis já estabelecidos previamente em reunião secreta, onde a igreja mesmo só fica sabendo das decisões, mas não tem poder algum para opinar e optar. 

Quando Jesus ensinou (Mt 16.16) que as portas do inferno não prevaleceria contra a igreja, ele estava falando de Sua igreja, fundada por Ele. Portanto devemos entender que o poder está sobre a Igreja e não sobre os homens. Quem separa, consagra e envia É A IGREJA. Qualquer grupo que queira sobreviver separado da igreja não terá vitória verdadeira. Jesus ensinou que os que a igreja ligassem na terra, seriam ligados no Céu e os desligados na terra, seriam também, consequentemente, DESLIGADOS NA TERRA. QUANDO UM GRUPO SE REBELA E ACABA DESLIGADO NA TERRA, AUTOMATICAMENTE, É DESLIGADO NO CÉU. 

Qualquer igreja que Paulo fundasse não estando debaixo da autoridade da Igreja, não seria recebida no Céu. 

Reparem a autoridade da Igreja em sua assembleia reunida; quando alguns problemas surgem por causa dos judaizantes, todos são chamados a Jerusalém para discutirem em uma assembleia Geral, um concílio, para que as coisas se ajeitassem. Não havia um soberano, um "papa". um "apóstolo" sobre todos, tudo era discutido de forma democrática e Teocrática, (At 15).

Mais tarde, o próprio Paulo que sofreu na carne esse problema, esclarece como essa função importante na igreja deveria ser observada:

"Foi ele quem estabeleceu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros como evangelistas e outros como pastores e mestres. Assim, ele preparou os cristãos para o trabalho do ministério que constrói o Corpo de Cristo". (Ef 4:11,12).

Notem que o cargo de apóstolo é colocado em pé de igualdade com o pastor e os outros. NÃO HÁ NENHUMA DISTINÇÃO HIERÁRQUICA.

Então, um apóstolo é aquele que recebe autoridade para desenvolver um trabalho específico, debaixo de uma autoridade constituída e sempre com a imposição de mãos de seus superiores hierárquicos. O apóstolo deve relatórios, informações obediência, ele não é soberano.

Com o tempo e depois da morte dos apóstolos que andaram com Cristo, esse termo, "apóstolo", foi caindo em desuso e o seu valor real, "missionário", passou a ser mais usado pela igreja. Chamar alguém de missionário é o mesmo que chamá-lo de Apóstolo.

Uma igreja completa é aquela que tem pastores, mestres, evangelistas, apóstolos e profetas, todos trabalhando para o bem comum: o crescimento do evangelho na terra.

Entretanto, o problema está em como esse tal obreiro se autointitulou "apostolo". Ninguém é apóstolo por que quer e acha bonitinho. É necessário reconhecimento do seu chamado por parte de sua liderança, consagração competente com imposição de mãos e envio para a missão. O obreiro devidamente reconhecido tem que sem empossado por seus superiores para que haja legitimidade de seu ministério. 

É aí que está o grande problema criado por alguns. Muitos desse apóstolos dos nossos dias não tiveram o reconhecimento de sua liderança. A maioria fundou seu próprio ministério ao seu próprio prazer e regras. Muitos dividiram o rebanho que estava sob sua responsabilidade. Outros ainda, levaram seus membros ao ato de rebelião contra seus líderes. Uma igreja que é formada em rebelião e debaixo de maldição não pode ser uma igreja séria. 

Jesus ensinou que naquele dia muitos dirão que pregaram, expulsaram demônios, curaram enfermos no nome de Dele, mas o Senhor lhes dirá: "apartai-vos de mim" eu nunca vos conheci. Ora, quem pode pregar o evangelho, expulsar demônios e curar enfermos em nome de Jesus se não forem os que lideram igrejas?


Imagine a força dessa expressão: (Mat 7:23) "E, então, lhes direi abertamente:Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade". Como um Deus Oniciente, Onipresente e Onipotente pode dizer que não conhece alguém? É lógico que aqui se trata de reconhecimento, as pessoas em questão nesse texto pregava, mas não tinham a devida postura diante de Deus para um devido reconhecimento, nem diante de Deus e nem diante dos homens. QUE TRISTEZA!

A verdade é dura, mas não pode ser omitida: muitos que gostam muito de serem obedecidos, nunca souberam obedecer. Eles se esquecem que para sermos grandes temos que primeiro sermos pequenos. DO QUE VAI ADIANTAR GANHAR O MUNDO INTEIRO E PERDER A PRÓPRIA ALMA?

É de muita importância que salientemos aqui que os próprios apóstolos que andaram com Jesus, que tinham todo o reconhecimento tanto de Deus como também do povo, preferiam outros tratamentos, repare: 

1) Apóstolo Pedro = 1Pe 5.19 = "Aos presbíteros que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar". O mesmo Pedro que muitos dizem ter sido o Papa, se diz presbítero.

2) Apóstolo João - 3Jo 1.1 = "O presbítero ao amado Gaio, a quem, na verdade, eu amo". 

3) Felipe que aceita ser diácono e depois vai como evangelista para Samaria. 

O problema não seria tão grande se esses "grandes apóstolos" parassem por aí. Não! Eles não param, eles seguem em frente em suas mentes carnais, entregues a si mesmos, por amarem mais a si do que a Deus. Eles querem interpretar a Bíblia com os próprios conceitos inchados em sua vaidade, ele criar suas próprias doutrinas, seus chavões e métodos. O pior ainda, é que tentam ridicularizar o trabalho realizado ao longo dos séculos para que o Evangelho puro e genuíno chegasse até nós, deixados por homens que deram as suas vidas para isso. Eles tentam dizer que somente eles têm a verdade, mas eu pergunto: quando eles aceitaram a Jesus, se é que o aceitaram mesmo, quem foi que pregou para eles? 

Antes das suas grandes revelações, como era o evangelho? Quero declarar uma coisa para vcs caríssimos apóstolos: o evangelho já era evangelho antes de vcs e Deus sempre foi Deus sem vcs. Eu aceitei a Jesus no dia 5 de abril de 1970, antes de qualquer apóstolo se auto denominar como tal e o poder do evangelho me alcançou, mudou minha vida e até hoje eu não troco minha experiência com Cristo pela experiência de ninguém. 

Será que foi pensando em tudo isso que o apóstolo Paulo escreveu ao Coríntios: "Irmãos, vocês me obrigaram a aplicar essas verdades a Apolo e a mim. Aprendam nessa oportunidade a não se sentirem superiores por serem partidários de um contra o outro.

Vejamos: em que você é mais do que os outros? O que é que você possui que não tenha recebido?

Vocês já estão ricos e satisfeitos e se sentem reis sem nós! Tomara mesmo que se tivessem tornado reis; assim nós também poderíamos reinar com vocês!

Pelo que vejo, Deus reservou o último lugar para nós que somos apóstolos, como se estivéssemos condenados à morte, porque nos tornamos espetáculo para o mundo, para os anjos e para os homens!

Nós somos loucos por causa de Cristo; e vocês, como são prudentes em Cristo! Nós somos fracos, vocês são fortes! Vocês são bem considerados, nós somos desprezados!

Até agora passamos fome, sede, frio e maus tratos; não temos lugar certo para morar; e nos esgotamos, trabalhando com nossas próprias mãos. Somos amaldiçoados, e abençoamos; perseguidos, e suportamos; caluniados, e consolamos. Até hoje somos considerados como o lixo do mundo, o esterco do universo.

Não escrevo essas coisas para envergonhar vocês, mas para chamá-los à atenção, como se faz com filhos queridos. 

De fato, ainda que vocês tivessem dez mil pedagogos em Cristo, não teriam muitos pais, porque fui eu quem gerou vocês em Jesus Cristo, através do Evangelho.

Portanto, eu lhes dou um conselho: sejam meus imitadores". (1 Co 4.6-16). 

Ao completar meus 56 anos de vida, 31 dos quais dedicados ao pastorado, eu achava que já tinha visto de tudo: eu nunca pensei que tantos políticos conseguiriam sair tão impunes como hoje; nunca pensei em ver dois homens ou duas mulheres se beijando e se agarrando em praça pública, num atentado declarado ao pudor e aos bons costumes, como vemos hoje; Eu nunca pensei que a criminalidade fosse avançar tanto a ponto dos cidadãos de bem terem que, por prudência, ficarem enjaulados com grades bem reforçadas, em suas próprias casas, com medo de sair às ruas depois de certa hora, enquanto que os bandidos vivem soltos e livres para fazerem o que bem entenderem; jamais pensei em ver tantos seminários, programas de rádios e televisão e outros meios de comunicação falando de igrejas e de seus grandes e maravilhosos pastores; nunca pensei em ver tantos nomes de igrejas e denominações como vemos hoje.

Isso sem mencionar o caso do pastor que foi pego orando e agradecendo a Deus pela propina recebida de políticos; alias, também nunca pensei em ver tantos pastores políticos e tantos políticos pastores.

Entretanto, diante de tanta coisa que espanta o meu olhar de terceira idade, o que mais me atemoriza é o campeonato disputado por alguns líderes "evangélicos". 

Lembro-me bem quando o cargo de pastor era conseguido com muito trabalho e demonstração de testemunho e vida, cumprindo-se o apelo do apóstolo Paulo (apóstolo porque foi consagrado por apóstolos, que por sua vez, foram escolhidos a dedo pelo próprio Jesus, pública, física e pessoalmente), de não impor as mãos precipitadamente. 

Fico apavorado quando vejo alguns meninos de tenra idade ostentando seus cargos pastorais quando ainda sentimos de longe o cheiro de urina em suas fraldas recém tiradas. 

Ainda no tempo da igreja primitiva e por causa do crescimento da mesma, foram escolhidos bispos para a liderança de territórios que somente eclesiasticamente, estariam acima dos outros presbíteros que por sua vez eram os pastores locais. Infelizmente, depois de um tempo, a vaidade criou o cargo de Arcebispo e do ultrajante "Papa".

Meu olhar já cansado antes do tempo, percebe que o mesmo argumento demoníaco usado pelo diabo no passado, para tirar a igreja do seu rumo, está sendo usado agora de novo: A VAIDADE.

De um tempo para cá, alguns líderes de algumas denominações resolveram se destacar dos outros, não pelo valor de seus feitos ou pela honra dada por Deus aos que lhe são fieis, mas pelas nomenclaturas e títulos que eles mesmos vão buscar em suas própria mentes férteis possuídas pela vaidade. Se cansaram de serem chamados pelo título de pastor, querendo mais reconhecimento, se auto consagraram "APÓSTOLOS", mesmo sabendo que não havia mais nenhum apóstolo vivo que lhes validasse a consagração. O que é pior é que os primeiros "novos Apóstolos" foram consagrados por uma missionária. Quem deu essa autoridade a ela? Também não sabemos. Um deles, como se não bastasse, resolveu ir adiante em seu devaneio e se auto intitulou: "Apostolo Primaz", o que significava estar ele na frente dos outros. Alguém então, não querendo ficar para traz e perder o campeonato, se autonomeou "PATRIARCA".

Não se dando por satisfeito e tendo total penetração no meio desse tipo de liderança, o diabo criou a ideia de que um pastor presidente de um campo pode ser nomeado "rei". Sim, é verdade, "rei, essa é a maior demonstração de descontrole emocional que um líder pode passar: achar que é o "rei" do seu rebanho. 

Como se não bastasse toda essa briga e pensando eu que já tinha visto tudo, sou alarmado já de manha, com a noticia chegada a mim por um de meus alunos: já existe grupos evangélicos consagrando ou pensando em consagrar seus lideres à "PRÉ ARCANJO" e "ARCANJO". Fico pensando, meu Deus, onde eles vão parar?

Tudo isso só serve para banalizar e vulgarizar o trabalho lindo, puro e extremamente divino de um pastor verdadeiro. Já existe: balada gospel, boate gospel, arraiá gospel, M.M.A. gospel, bar gospel. O que mais vão criar?

Temos que aprender com Jesus. Enquanto muitos "pastores", "bispos" e "apóstolos" tentam viver como deuses, Jesus, sendo Deus, preferiu viver como homem. Embora tendo as duas naturezas, divina e humana, seu maior feito foi como homem e não como Deus. Pense nisso e tente fazer o mesmo. Seja o mais humano possível e deixe que só os loucos e desumanos tentem viver como deuses.

Enquanto isso, o mundo continua seu curso e escândalos e mais escândalos mancham a história linda deixada pelos heróis anônimos que morreram para esse evangelho maravilhoso chegasse até nós. 

Meu Senhor Jesus, volte logo. "Ora vem Senhor Jesus".

ADECIN - CONGRESSO DE EBD!


Minha igreja fará mais um Congresso de Escola Bíblica Dominical, onde nós poderemos aprender mais da Palavra de Deus, aperfeiçoar o que já dominamos de conhecimento e empreender melhor nossos evangelismos.

Sem conhecimento da Palavra,
sem conhecimento do DONO da Palavra,
JESUS CRISTO,
é impossível ganhar almas.

O Pastor Marcelo Medeiros, líder da EBD, 
e toda a equipe convidam a todos...













RETORNANDO PUBLICAÇÕES!



GOSTARIA DE AGRADECER A TODOS QUE TÊM ORADO PELAS PUBLICAÇÕES DO NOSSO BLOG. 

COMPLETAMOS TRÊS ANOS. 

ENTRAMOS EM RECESSO.

FIRMAMOS PARCERIAS E TEMOS MUITAS NOVIDADES PARA POSTAR.

OBRIGADA A TODOS QUE ACREDITAM E APOIAM NOSSO TRABALHO.

O UMA VISÃO MISSIONÁRIA É UM BLOG DIVULGADOR DE AÇÕES MISSIONÁRIAS E CONTA COM ARTIGOS ESCRITOS POR ALGUNS MISSIONÁRIOS AQUI DIVULGADOS.

CONTINUEM CONOSCO E CONTINUEM EVANGELIZANDO, POIS SÓ ASSIM NÃO PRECISAREMOS ESCREVER MAIS NESTE BLOG, PORQUE ESTAREMOS TODOS COM CRISTO NA GLÓRIA DO PAI...
REINANDO COM ELE.

19 de julho de 2012

Pr. MANOEL RIBEIRO - ASSEMBLEIA DE DEUS EM CIDADE NOVA




Começamos uma nova história pela vontade de Deus. Após congregar 20 anos na Rua Santa Maria, 28/30, o Senhor Jesus que é o verdadeiro possuidor e governador da igreja, decidiu dar um novo templo para a Assembleia de Deus em Cidade Nova - RJ, que está sendo construído na antiga Travessa Rio Comprido, 13 e 17, agora sob um decreto do nosso Prefeito Eduardo Paes, passou a chamar-se Travessa Pastor Daniel Ribeiro. 



O novo templo foi projetado com as medidas de 23 metros de frente e 37 metros de fundos mais galeria. Será edificado no andar superior e terá uma amplo estacionamento, oferecendo melhor conforto. 

É uma conquista da nossa igreja, e ao mesmo tempo um passo de Fé. Estamos pedindo aos amados uma oferta de FÉ, pois o custo da obra tornou-se um Golias, mas sabemos que ele será derrotado em nome de Jesus. Se você tem certeza que este projeto é divino.

Faça sua contribuição depositando no Banco Itaú, Agência 0438 Conta Corrente 10835-9.

Agora é a sua vez de abençoar esta igreja que estará sempre orando por ti e sua família no monte.

Lembrando que mantemos missionários dentro e fora do Brasil e um Centro de Recuperação Social.

Pr. Manoel Ribeiro
Servo do Senhor Jesus
Assembléia de Deus em Cidade Nova

16 de julho de 2012

Recesso!



AGRADEÇEMOS A TODOS QUE NOS ACOMPANHAM E PEDIMOS ORAÇÃO POR ESTE PROJETO QUE É O BLOG UMA VISÃO MISSIONÁRIA.

O BLOG UMA VISÃO MISSIONÁRIA É UM DIVULGADOR DE MISSIONÁRIOS E SUAS AÇÕES SOCIAIS. DIVULGAR ESTE BLOG É O MESMO QUE DIVULGAR UM DESSES HOMENS OU DESSAS MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA NO IDE DE CRISTO.

O BLOG ENTRA EM RECESSO, MAS A VOTAÇÃO DO TOP BLOG 2012 NÃO! POR ISSO, ENTRE NO SITE DO TOP BLOG E VOTE NO BLOG UMA VISÃO MISSIONÁRIA NA CATEGORIA RELIGIÃO.

PAZ DE CRISTO!!!

Pr. Ilano Bispo - Fé no campo missionário.

Pr. ILANO BISPO - MISSIONÁRIO EM PUCALLPA NO PERU!
O UMA VISÃO MISSIONÁRIA entrará em recesso até agosto. Deixo com vocês, as palavras do Pastor Ilano Bispo que precisa muito de vossas orações e doações voluntárias. Fiquem na paz e até a volta!

********************************************************

Essa palavra que Deus ministrou ao nosso coração nos trouxe um grande refrigério. Nestes dias temos sido muito desafiados sobre fé! 

Quando Jesus mandou os discípulos passarem para o outro lado, talvez, eles achavam que seria tranquila a viagem. Afinal, quem mandou foi o próprio Jesus. 

E quando começaram a viagem, logo levantou uma tempestade, e surgiram dúvidas, medos e tantos sentimentos. 

Quantas vezes Deus nos manda fazer algo em nossas vidas ou ministério e ao ouvir a Sua ordem ficamos tão felizes e empolgados e... Esquecemos disso quando surgem as lutas. 

A primeira coisa que pensamos é... Será? Será que foi mesmo Deus? Será que ouvi a voz dEle? 

Então Jesus respondeu... "Por que temeis?" e continua... "levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança." 

Então, amados, mesmo quando Deus nos manda ou nos chama, as dificuldades, as lutas e os problemas virão, mas isso não quer dizer que estamos fora da vontade dEle. 

O melhor de tudo e saber que aquele que nos chamou é fiel para nos guardar e a palavra liberada será cumprida, no tempo dele. Então não vamos temer, Ele está conosco! Aleluias!!! 

Pr. Ilano Bispo - Missionário na selva peruana em Pucallpa no Peru. 

15 de julho de 2012

SORTEIO 2012


SORTEIO REALIZADO!
DOIS SORTEADOS.


UM GANHADOR OU UMA GANHADORA DA CAMISA OFICIAL DO BLOG E DO LIVRO Como ser um Missionário" do pastor Temóteo Ramos de Oliveira da Editora CPAD. E O VENCEDOR É...


PRELETORA JUREMA! PARABÉNS MINHA IRMÃ!
AINDA ESTA SEMANA ENTRAREMOS EM CONTATO DIRETO COM A IRMÃ E ENTREGAREMOS, PESSOALMENTE EM SUA IGREJA, O PRÊMIO DO BLOG.

MUITO OBRIGADA PELA PARTICIPAÇÃO.

*O sorteio foi filmado para evitar qualquer dúvida e a cópia será entregue a Preletora Jurema por e-mail.

12 de julho de 2012

Pr. Teófilo Karkle - Missões Mercadológicas.


A pedido do pastor Teófilo Karkle disponibilizo um texto muito interessante sobre uma área em missões que merece muita atenção... 
As doações e o mercantilismo.

Pr. Teófilo Karkle faz Missões em Santiago no CHILE!
MISSÕES MERCADOLÓGICAS
Pr. Teófilo Karkle

O apostolo Pedro na sua segunda carta universal fala que nestes tempos os homens dos púlpitos fariam negócios das pessoas que eles têm domínio e poder sobre elas. (2 Pedro 2.3) E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita. As pessoas são vendidas em tempos de eleições. E são Despojadas nos Congressos de Missões.

Um espirito de avareza muito forte como um vírus tem contagiado todas as instituições religiosas fazendo que as finanças delas perda as bênçãos de Deus.
Há um desespero por manter os impérios evangélicos que se hão criados em diferentes áreas, e o seus criadores pensam que se eles não estiverem na mídia, na televisão, em foco, em eminência as almas se vão a perder, as famílias serão derrotadas.
Vai colapsar esse estilo de pedir, o povo não vai mais aguentar, basta ver o resultado do Censo 2012, quantas igrejas diminuíram seu tamanho. A Igreja Universal perdeu 227.944, a Congregação Cristã do Brasil perdeu 199.479 a Igreja Evangélica Luterana perdeu 62.647 a Igreja Presbiteriana perdeu 59.855 a Igreja Evangélica Congregacional perdeu 39.245 a Igreja Casa da Benção perdeu 3.126 e a ultima igreja que diminuiu foi a Igreja Vida Nova 1.747 membros.
Na época do patriarca Abraão, no seu estilo de vida sedentário, não havia congregações para estimular a fé e o amor, nem templos para sustentar, mesmo estando só, teve a ideia notável e espontânea de entregar seus dízimos a um rei de Jerusalém. Abraão sempre fazia três coisas por onde passava: Seu poço para ter água, sua tenda para ter cobertura e seu altar para ter comunhão.
(Hebreus 7.1,2) Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz.
Quando chegou a época de ter um lugar de culto coletivo, o pedido de ajuda nasceu, mas sempre limitado à voluntariedade, chegando depois até ser proibido trazer material por que estava sobrando. Se fosse hoje, expertos ministros abririam mais contas bancárias para não figurar um saldo muito grande em apenas uma das contas da igreja. Compraria mais cofres, compraria máquina de contar moeda e bilhete, faria mais bodegas para guardar toda a riqueza trazida pelo povo de Deus e compraria até o carro forte para levar da casa do tesouro a tesouraria do banco.
 (Êxodo 36.6-7) Então mandou Moisés que proclamassem por todo o arraial, dizendo: Nenhum homem, nem mulher, faça mais obra alguma para a oferta alçada do santuário. Assim o povo foi proibido de trazer mais, porque tinham material bastante para toda a obra que havia de fazer-se, e ainda sobejava.
Não se podem fazer Missões começando pelas Arrecadações. Não se podem fazer Missões começando com a Secretaria.
Missões se começam pelos olhos, abertos e que vejam o mundo lá fora perdido: Levantai os vossos olhos, e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa. (João 4.35) E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor. (Mateus 9.36) E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas. (Marcos 6.34)
Não se pode fazer Oferta Missionária apenas para ter mais um ingresso na congregação ou para não mexer nos dízimos.
As congregações tem que viverem sabiamente dos dízimos e das ofertas realizadas em cada culto. Outros recursos poderiam ser gerados por negócios da própria igreja tais como: livrarias, cursos, cantinas, feiras, DVDs e CDs.
Não há nenhum lugar nas Escrituras onde Deus mandou juntar milhões de Reais para depois aplicar parcialmente em Missões. Nem mesmo mandou mandar multidões de Missionários e depois viver no sufoco e no desespero para juntar os tão implorados recursos. Em vez de ter 100 Missionários ganhando 100 Reais cada um, deveria ser apenas 10 Missionários ganhando 1000 cada um.
Apenas 4,5% dos dinheiros das igrejas são enviados as Missões e 95,5% no Reino de Deus local, salários, construções, mobílias, programas.
Como os cristãos gastam o seu dinheiro? Gastam mais com Pizza que com Missões, mais com Cosméticos que com Missões. Mais com Celulares que com Missões. Mais com Animais de estimação que com Missões. Os cristãos estão dando dinheiro para Missões menos do que o valor equivalente a uma Coca-Cola diária.
Quando senti a necessidade de escrever sobre Missões Mercadológicas foi pensando na realidade desastrosa de grandes Congressos de Missões, pois eles transformaram Missões num produto de Mercado, de venda, de barganha, de vender espaços para stand, de vender kits, de cobrar cachê e pedir uma exorbitante oferta. De vender cada um seu peixe. Cada um ter a sua própria maquina para receber doações com cartões de credito. As ofertas são verdadeiras apelações, já não tem nada mais que dizer ao povo, de vez em quando consegue mais um missionário para ele fazer mais um suplício, e assim vai a coisa.
Missões Mercadológicas é o único produto vendido onde a propaganda para vender o peixe pela Mídia, Revistas e Sites, são as mais pobres e paupérrimas possíveis: Fotos de negros só em pele e osso, meninos sujos, terra seca, choça de palha, jumentos, corvos, templos diminutos, bicicletas velhas, carroças puxado a jegue. Dizem que estas imagens são para Sensibilizar o povo brasileiro a contribuir. Mas sabe o que passa do outro lado da moeda? Sabem o que fazem com o dinheiro arrecadado? Nunca publicarão as imagens dos jatinhos de luxo, das jantinhas em restaurantes elitizados, das jaquetinhas de couro, e das joinhas das Arábias e dos Jeeps importados.
Missões, Missões, Missionários e Missionárias, vamos combater esta maneira mercadológica, escandalosa, uma mania de fazer Missões, tão errada, tão desconfigurada, tão mercenária, tão apelativa e tão desonesta.
Nos Congressos rolam os Milhões e os pregadores profissionais dormem em hotéis de 5 estrelas e os Missionários no campo vem para o mesmo congresso de caminhão, dormem em beliches e recebem sacos de roupas usadas.
"Jesus vai virar estas Mesas Mercadológicas e vai trazer a Santidade para a sua igreja."
E, entrando no templo, começou a expulsar todos os que nele vendiam e compravam, dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração; mas vós fizestes dela covil de salteadores. (Lucas 19.45-46)
A final ganharam tantos milhões aqui na terra e não herdarão o Reino dos Céus. Assim diz a minha Bíblia ainda: Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. (1 Coríntios 6.10)

PARA SEGUIR NOSSO MINISTERIO - TEMOS PREMIO AOS QUE SEGUIREM

PARA AJUDAR NOSSO MINISTERIO - DEPOSITE SU AOFERTA DE AMOR
Conta Corrente 18.491-8 Agencia 3078-3 Banco do Brasil

PARA ESCREVER AO NOSSO MINISTERIO centrodealegria@hotmail.com



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!

Missões Uruguai em Treinta y Trés.

Expedição Missionária Piauí.