Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

29 de outubro de 2011

O Missionário X Rituais macabros em Uganda.


FOTO: http://clauderioaugusto.com.br

Sequestro e sacrifícios macabros com animais, crianças e adultos... Golpes de facão... Barbaridades e crueldades com pessoas indefesas...

“Porquanto me deixaram e alienaram este lugar, e nele queimaram incenso a outros deuses, que nunca conheceram, nem eles nem seus pais, nem os reis de Judá; e encheram este lugar de sangue de inocentes.” (Jeremias 19.4)

Este versículo em Levítico nunca esteve tão atual em nossos dias... Basta pegar um jornal com notícias internacionais para nos vermos estarrecidas as imagens ou ler uma mensagem pela Internet para nos chocarmos com o que já existe há milhares de anos e que parece, infelizmente, que está longe de acabar. Sacrifícios com sangue envolvendo seres humanos.

Li esta semana numa reportagem feita pela BBC que em Uganda, país africano que viveu mais de 20 anos de guerra civil, agora, há outro tipo de guerra... A guerra contra o tráfico de crianças para rituais de curandeiros mais conhecidos no local como bruxos. Fiquei estarrecida com o que li, pois são crianças de 6 a 14 anos que são sequestradas para estes rituais macabros. Tais crianças indefesas são mutiladas em oferendas aos demônios ou enterradas vivas para “trazer prosperidade” ao local de seu depósito, além de serem entregues à própria sorte nos matagais onde são jogadas após os sacrifícios. Poucas sobrevivem aos ferimentos, que muitas vezes são feitos por facões muito afiados.


Uma cultura religiosa que já deixou de cultura e passou a ser assassinato humanitário. A palavra de Deus afirma que a ordem do Senhor é que “E nunca mais oferecerão os seus sacrifícios aos demônios, após os quais eles se prostituem; isto ser-lhes-á por estatuto perpétuo nas suas gerações.” (Levítico 17.7). Ordem dadas aos israelitas, mas que serve a toda humanidade até hoje.

Segundo a reportagem que li e que foi feita pela BBB, publicada em 14 deste mês, “Um relatório do Departamento de Estado americano afirma que Uganda se transformou em um dos principais países de onde saem estas crianças e cerca de nove mil delas desapareceram no país nos últimos quatro anos. A maioria desapareceu de vilarejos nos arredores da capital, Campala. Muitas delas estariam sendo levadas para a Europa para ser exploradas ou usadas em rituais de curandeiros.” Este relato da BBC em Uganda é tão real que um jornalista entrou em contato direto com um dos sequestradores, que confirmou que sequestra crianças para bruxos (curandeiros) há anos. Segundo este sequestrador, não existe nenhuma dificuldade para se conseguir uma criança para estes rituais macabros, pois se pode consegui-las pelos meios oficiais e de forma ilegal também.

Uma criança de Uganda pode valer até R$ 27 mil reais em nossa moeda nacional. Crianças retiradas de suas famílias abruptamente para viverem ilegalmente na Grã-Bretanha, que surgiu como um dos principais destinos das crianças sequestradas na África. Segundo a reportagem, “algumas das crianças que foram sequestradas e levadas para a Grã-Bretanha contam sobre como os curandeiros, ameaçando as vítimas de morte, fazem cortes nas crianças para extrair o sangue. A popularidade dos curandeiros está crescendo na Grã-Bretanha. Centenas fazem propaganda de seus rituais que custam cerca de 350 libras (mais de R$ 900). Estes rituais geralmente envolvem ervas, mas alguns envolvem sangue humano.”, segundo a MCMPovos.


Um absurdo como este ainda acontece no Século XXI, onde poderíamos desfrutar de informações mais agradáveis que envolvam crianças, mas assim como a Pedofilia que é um mal a ser guerreado... A bruxaria contra crianças e o sequestro devem ser combatidos da mesma forma.

Não é possível, que um país que viveu 20 anos de guerra em conflitos armados entre o governo de Uganda e os rebeldes do Exército da Libertação do Senhor (LRA), não consiga viver em paz entre si mesmo. É por isso que as Organizações das Nações Unidas (ONU) continua de olho em Uganda, pois é um país que foi negligenciado pelo mundo durante muito tempo, o que ocasionou muitas mortes desnecessárias. Mulheres e crianças foram sequestradas para serem escravas sexuais e soldados-mirins durante anos; “Além disso, há no país uma multidão de pessoas mutiladas pela guerra que precisam de apoio material e, principalmente, espiritual.”, segundo o site:

http://www.jmm.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=352&Itemid=275.


OBS.: palavras bíblicas retiradas do site http://www.bibliaonline.com.br .
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!