Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

23 de outubro de 2011

MISSª. BEATRIZ FARIA - MISSÕES COM REFUGIADOS E MUÇULMANOS.


Tenho postado neste blog alguns artigos referentes a missionária Beatriz Faria que encontra-se na África do Sul, enviada pela Embaixada da Família para as Nações, que é uma instituição missionária, evangélica, interdenominacional que coopera com igrejas que tenham um compromisso de oração e que tenham total dependência de Deus, para enviar missionários aos confins da Terra. É presidida pelos pastores Waldir Vieira da Costa e sua esposa Tânia com sede em Foz do Iguaçú, Sul do Brasil, e que enviaram a missionária Beatriz Faria à África do Sul, país do continente africano.


Selo da Embaixada.
Nos artigos que já publiquei sobre a missionária estão email´s que ela me enviou como uma ajuda em entender as dificuldades e vitórias por qual um missionário passa no campo. Nestes email´s, Missionária Beatriz sempre falou de suas experiências ou apenas retransmitiu o que ali tem passado. Desta vez, escrevo sobre a “Bia” num olhar mais claro de missionária. Isto é, o seu chamado, a sua preparação e o seu envio. Tudo guardado no computador, no azeite, de molho, esperando para entrar na botija e ser despejado no vaso de alabastro que me atrevo a chamar este blog. Penso que chegou o momento de postá-lo, pois me lembrei deste artigo e resolvi torná-lo disponível a você meu amigo leitor e participantes deste blog.

Treinamento missionário antes de ir ao campo.
Curso de Linguística para entender a cultura africana.
Beatriz Faria formou-se em Auxiliar de Enfermagem aqui no Brasil, preparou-se através de um curso de socorrista para atuar em situações de extrema emergência. Antes de ser enviada à África, preparou-se no interior do país, pregando aos povos do interior e auxiliando como podia aos mais necessitados. Hoje, nossa irmã está fixada em Cape Town na África do Sul e segundo o relato dela, espera permissão para entrar em Angola e pregar a Palavra do Senhor. No entanto, ainda não conseguiu.


Preparação no curso de socorrista.


Contudo, quando Deus tem um plano na vida de um missionário (a), Ele não vê dificuldades ou barreiras, mas as transpõe para que seu servo (a) possa cumprir o que Ele determinar em sua Obra. Isso acontece no ministério de Beatriz Faria através dos refugiados angolanos, que fugiram da guerra civil de seu país e estão, desde então, morando na África do Sul... Mais precisamente no norte do país. Missionária Beatriz Faria tem tido a oportunidade de conhecer os costumes angolanos e pregar a Palavra do Senhor a estes refugiados. Deus, porém, não a permitiu ainda pisar em Angola. De todo jeito lhe deu o privilégio de trabalhar com esses africanos fora de lá, para mostrar que Deus é Deus em qualquer situação ou local.


As primeiras Missões: interior do Brasil.
As dificuldades de acesso ao interior de Goiás.
Acostumando a viver com o pouco sem reclamar da falta de conforto.
“Bia”, como a conhecemos, trabalhou dois anos e três meses na África do Sul com esses refugiados angolanos, nas áreas de Evangelismo, Discipulado e Treinamento de líderes, pois muitos são líderes natos, porém não tem como ser treinados, pois não possuem recursos para pagar um curso teológico... A Embaixada da Família para as Nações, juntamente, com a missionária Beatriz Faria tenta suprir essas áreas. O trabalho tem crescido desde 2004. A missionária sempre que pode retorna ao Brasil para treinamento e para aprender novas profissões para poder treiná-los na África do Sul afim de que não fiquem perdidos e passem fome, morando nas ruas africanas por falta de trabalho.


Mulheres angolanas.

Atendimento médico nas ruas africanas.

Experiências marcantes enquanto uma profissional da saúde que leva a palavra de Deus aos seus pacientes.

Uma das igrejas Batistas existentes na África do Sul.
Além disso, a Missionária Beatriz Faria trabalha com “Evangelização de Muçulmanos” na área de saúde, pois nossa irmã é Auxiliar de Enfermagem e Socorrista também. Graças a um trabalho no norte da África do Sul, em uma cidade que foi abandonada pelos nativos na época da guerra, os Angolanos fugiram e habitaram essa cidade, onde há uma das igrejas de refugiados que os ajuda... Missionária Beatriz tem um trabalho de 20 dias, duas vezes no ano, onde atua na área de saúde e a experiência foi e tem sido maravilhosa.

Infelizmente, os angolanos que estão refugiados no norte da África do Sul não têm como viver da agricultura, pois não tem como plantar... A terra é seca e até alguns anos atrás não caía água do céu e nem água do Governo chegava ali. Agora, cai água todos os dias, mas somente das sete às oito da manhã, onde se enche uma banheira com água para banho e comida... Enfim, usam para tudo até dia seguinte. Entretanto, ainda assim, fica difícil plantar e muitos passam fome ali...

Uma das experiências que contou para nós é a de uma jovem de 18 anos que estava desnutrida. Imagine uma missionária tentando explicar a situação que uma pessoa com fome passa naquele momento, muito magra, pele ressecada, fraca... Dependente de Deus, mas dependente de tomar uma vitamina durante 30 dias... Naquele instante, a desnutrida pergunta se aquela vitamina daria fome nela. A missionária, naturalmente, diz que daria sim e ela precisava comer mesmo... Porém, aquela alma aflita por alimento, mas cansada da dor de não tê-lo... Responde: "A Senhora não tem remédio para tirar fome? Porque tenho fome o tempo todo, mas não tenho o que comer", ou seja, a situação é tão triste e miserável que a jovem pede um remédio para tirar a fome porque não tem o que comer e não quer a vitamina para não sentir mais fome... E para viver esta experiência, a Missionária Beatriz Faria não precisou entrar na Angola... Precisou de experiência espiritual com Deus. Isso, só se obtém com oração.

Hoje, a missionária é Diretora Internacional da ONG Embaixada da Família Para as Nações. O trabalho em nível de África esta apenas começando. A ONG já trabalha aqui no Brasil e o trabalho na África tem a intenção de crescer ainda mais, principalmente, para entrar em Angola, Moçambique e Uganda. Entretanto, Angola ainda se fecha a entrada da ONG. Moçambique precisava de missionários e Uganda possui uma candidata que, talvez, não participe mais do Projeto, mas que continua em treinamento. O trabalho da missionária Beatriz Faria na Cidade do Cabo, na África do Sul, continua com os refugiados de guerra angolanos, onde acredita que continue até fevereiro do próximo ano, pois há outras coisas para resolver no escritório no Brasil e se a outra Irmã missionária em treinamento sair mesmo da ONG, o trabalho burocrático aumentará ainda mais para a missionária Beatriz. É preciso muita oração em prol da missionária.

Em Cape Town há dois grupos de refugiados, um... Em uma Igreja Batista, onde dois dos Angolanos estão se preparando teologicamente para exercerem o chamado pastoral. A missionária os orienta a crescer espiritualmente e ajuda-os um pouco na formação teológica deles. Outro grupo se encontra na Igreja Presbiteriana, mas o trabalho é um pouco mais difícil por lá por conta do Apartheid na cidade que ainda é muito nítido. Para se ter uma ideia, a missionária ainda não conseguiu realizar este trabalho de cooperação com outras igrejas que estão lá, pois ainda existe a separação entre brancos e negros e os líderes disseram claramente que não tinham interesse em trabalho com negros... Muito menos refugiados. Servos de Deus. Pessoas que professam amar a Deus naquele país e que oram como você e eu ao Todo-Poderoso que não vê acepção de pessoas. É preciso orar muito por aquele território e por estas pessoas que precisam abrir seus olhos para a visão de Deus.

A evangelização de Muçulmanos continua mesmo com todas as barreiras, pois lá existem mais de 600 mil muçulmanos. Missionária “Bia” trabalha ainda na área de saúde de lá e abrirá uma filial do escritório da ONG, para preparar o lugar a fim de receber outros missionários para um período curto de férias ou longo prazo, onde coordenará essa base que abrirá lá. A missionária já conta com Bíblias pra distribuir e um seminário teológico pela Internet que conseguiu firmar. Tudo sem custos para os participantes que terão direito até a um certificado da ONG. No entanto, não há professores para todas as matérias do seminário e, provavelmente, ela dará algumas matérias para que possa formá-los com coerência bíblica e para que não haja heresias no meio do povo. O desafio é grande e a necessidade de doações é enorme. Ainda há necessidade de várias coisas, mas a fé em Deus e a ajuda dos cooperadores no Brasil têm feito o trabalho continuar. Deus é Fiel e está à frente desse trabalho.

Você leitor e eu, juntos, em oração por esta missionária que não olha para trás e que mesmo com toda dificuldade tem se disposto a estar com os africanos... Podemos ajudá-la. Afinal, mesmo com os problemas de saúde em sua coluna...  Missionária Beatriz Faria tem ajudado na saúde do próximo...

Aproveito e peço oração pela família de nossa irmã que ficou aqui no Brasil, para que Deus os guarde, principalmente, a mãe de nossa missionária que é muito carente de nossas orações. Além, claro, de orações pelo visto de permanência de nossa irmã na África, pois é preciso um visto de pelo menos dois anos para a concretização das coisas que ainda faltam. Não nos esqueçamos de orar por mais intercessores e mantenedores.

Meus irmãos... Sem oração não haverá êxito em nada.

Conheça mais deste trabalho belíssimo realizado pela missionária Beatriz Faria através dos blogs:


Desejando contribuir com esse ministério...
Deposite qualquer quantia no Banco Bradesco, Agência 0543-6, Conta Poupança 86589-3.


http://g1.globo.com/VCnoG1/0,,MUL1568700-8491,00.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!