Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

13 de setembro de 2011

11° Congresso Missionário ADECIN - Cooperação Missionária.



RESUMO SOBRE OS ACONTECIMENTOS DO 11° CONGRESSO DE MISSÕES NA ADECIN (Assembleia de Deus em Cidade Nova), ORGANIZADO PELA NOSSA SECRETARIA DE MISSÕES (SEMIADECIN).

“O MUNDO CLAMA: Como pode tu estar descansado?” – Jeremias 47.7.

“Mas como poderá ela descansar quando o SENHOR lhe deu ordens, quando determinou que ataque Ascalom e o litoral?”
Bíblia de Formação Espiritual Renovare
(Nova versão internacional – Ed. Ichtus, 2009).

“Mas como te aqueitarás? Pois o SENHOR deu ordem à espada contra Ascalom, e contra a praia do mar, para onde ele a enviou.”
Bíblia de Estudo da Mulher
(Edição Corrigida e Revista – Fiel ao texto Original - Ed. Athos, 2002).

“Como podes estar quieta, se o SENHOR te deu ordem contra Ascalom e contra as bordas do mar? Ali, lho tem prescrito.”
Bíblia & Harpa Cristã
(Edição Revista e Corrigida – Ed. Sociedade Bíblica do Brasil & CPAD, 1995).

Não importa a tradução. 
Os três versículos citados acima tratam claramente sobre as profecias contra os Filisteus que insistiam em tentar atrapalhar a obra do Senhor Deus.

Diante do tema escolhido pela SEMIADECIN (Secretaria de Missões da ADECIN), nós podemos afirmar que as palavras “descansar”, “aquietarás” ou “quieta” passou longe do Pr. Manacéis Mourão e sua equipe e que nada... Pessoa ou oração contrária iria fragilizar a organização deste Congresso e sua magnitude. Afinal, fazer Missões é conseguir recursos para manutenção da obra, é um culto bem organizado, que desperte “chamados” e são palestras bem organizadas que conscientizem as pessoas de que sem treinamento é impossível fazer a obra missionária.

Não há como fazer Missões se estivermos descansados. Não há como manter missionários nos campos se não informarmos aos membros da igreja o que este missionário realiza e onde está... Se não dermos conta do dinheiro investido em nossas ofertas... E isso nós vimos através do telão. Se não tomarmos uma atitude mais pró-ativa é impossível realizar Missões de forma clara e acessível aos membros das igrejas. Precisamos estar com o foco voltado na formação de novos obreiros e no treinamento destes para manutenção dos mesmos quando são enviados.

Durante estes dias de Congresso... Confesso que estava preocupada com seu desenrolar. Afinal, não queria que ele fosse apenas um lugar onde a igreja se derramaria no Poder do Espírito alimentando-se a si mesma e se esquecesse do que é realmente a obra de Missões e o porquê daquele Congresso ser realizado. Não queria que minha igreja pecasse, exatamente, na área que mais critico neste blog – congresso avivalista sem “Conscientização Missionária”. Claro que nenhum congresso é 100% perfeito. Tivemos alguns problemas como qualquer outra igreja poderia ter... Somos humanos e cometemos falhas... A falta de diáconos em maior quantidade fez falta em alguns dos seis dias, a recepção teve alguns deslizes em deixar o povo transitar durante a leitura da Palavra e muitos visitantes, incluindo membros – que vergonha, levantaram várias vezes durante os cultos e saíram antes da bênção apostólica. Entretanto... São coisas que acontecem. Naturais do ser humano e que não comprometeram o Congresso, pois agradecíamos a Deus por conseguir em 11 anos de trabalho da SEMIADECIN, manter os missionários de nossas parcerias e de nosso ministério no campo sem nada deixar faltar.

Diante da magnitude deste Congresso, e não me interprete mal, mas foi imenso mesmo... Conseguimos receber bem o Missionário Pr. Valdeci Quevedo (que sustentamos em parceria em Lima-Peru), Cantor e Pr. Vitorino Silva, Pr. Júlio Cezar (Ass. De Deus em Águas Claras e Diretor-Geral da SEMIPA, que apoiamos em parceria na manutenção do Pr. Paulo Henrique na Itália), Missª. Maria do Socorro e Missª. Elizete Gomes (que mantemos em Messejana no Ceará), além do grupo Exército de Israel (Ass. De Deus em São Leopoldo do Sul – RS) com 65 mulheres em sua integração. A SEMIADECIN foi muito feliz na organização do evento dentro e fora do templo. Ninguém ficou “descansado”.

A igreja toda foi envolvida através de nossas congregações aqui no Rio de Janeiro, interior do estado e congregações mineiras, que apoiaram o evento e participaram ativamente do Congresso. Diáconos, diaconisas, presbíteros, evangelistas, dirigentes de congregações e até mesmo pastores trabalharam nos bastidores, cuidando desde a arrumação das barracas típicas até a organização das pessoas que trabalharam no evento.

E as irmãs que trabalharam na cozinha? Só quem ama “Missões” aguentaria seis dias de muito calor próximas ao forno dos fogões, suportaria cortas tantas verduras e descascar tantos legumes, temperar todo tipo de carne e preparar as sobremesas... E acreditem... Toda alimentação foi fruto de doações dos membros do Ministério do Monte. Somente uma igreja realmente envolvida em evangelismo e missões e engajada a manter os Missionários conseguiriam tantas doações e voluntariado na concretização da alimentação nas cantinas e barracas típicas.

Como muitos já sabem... Nosso templo sede está interditado pela Defesa Civil do Rio de Janeiro devido às rachaduras causadas por uma empreiteira que constrói um prédio aos fundos da nossa igreja em Cidade Nova. Por conta disto, estamos instalados com apoio jurídico no galpão que realizamos este Congresso no bairro do Estácio. Então, se nas fotos você se deparar com tapumes e chão sem pisos bonitos... Dê-nos um desconto. O importante é que a higiene foi nossa marca. É tudo provisório até que a empreiteira acerte um acordo de reparação com nosso Pr. Presidente Manoel Antonio Ribeiro.

Não podemos deixar de citar o empenho dos marceneiros, eletricistas, bombeiros hidráulicos e Web Designers além de outras profissões de nossos membros que conseguiram instalar os ares-condicionados a tempo, a iluminação interna e externa, a montagem das barracas típicas... Além da ajuda que deram ao nosso zelador, que sozinho não conseguiria limpar e arrumar tudo sozinho. O nosso muito obrigado, e falo como membro da ADECIN, aos irmãos e irmãs que colocaram as mãos em vassouras, rodos e panos de chão para manter a igreja limpa em todos os seis dias de Congresso.

Agradecemos demais aos irmãos condutores, que disponibilizaram seus carros e combustíveis para conduzirem as irmãs do Exército de Israel, hospedadas em nossos prédios anexos ao templo sede em Cidade Nova, levando-as ao galpão onde estamos instalados provisoriamente, levando-as e trazendo-as aos aposentos nos fins dos cultos. Além dos irmãos que deram carona a irmãs gestantes como eu e senhoras de idade. Muito obrigada!

O nosso muito obrigado, também, aos músicos da Assembleia de Deus em Santa Alexandrina e Assembleia de Deus do Rio Comprido, que cooperaram conosco reforçando nossa orquestra, que por ter membros militares ficou desfalcada em alguns dias por conta de suas escalas nos quartéis. Deus os abençoe muito!

Nossa gratidão aos adolescentes e jovens de nosso Ministério, que apoiaram, participando nos cultos, nas apresentações das roupas típicas e nas Marcha Cívica, levando os mastros com as bandeiras de 32 países. Às nossas crianças merecem também, pois lotaram nossas escolinhas e se apresentaram na manhã missionária louvando ao Senhor.

E porque não falar da SEMIADECIN, que foi quem realmente fez este trabalho ocorrer com sua boa administração e organização. Parabéns Pr. Manacéis Mourão e equipe. Vocês são pessoas comprometidas com a obra missionária. Pessoas que se envolveram com este Congresso quando ainda estava no papel. Só com muita oração e jejum como muitas vezes vi vocês convocarem o povo, poderíamos desfrutar deste evento com tanta consciência de Missões.

PARABÉNS!
QUE O SENHOR DEUS OS ABENÇOE MUITO!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!