Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

8 de outubro de 2009

REEVANGELIZAÇÃO - O QUE É ISSO?



Ouvimos e lemos muitos artigos com o tema "Reevangelização". Mas afinal, o que é "Reevangelização"? Lendo um artigo estes dias vimos que o ser humano tende a se conformar com o meio em que vive e seus pensamentos tendem a pensar como a sociedade pensa. Isso não é novidade! Já líamos este tipo de afirmação nos livros escolares de Sociologia e na extinta aula de Moral e Cívica.

A mente humana vive em constante guerra espiritual. Isso não tem nada de novo para nós. Porém, percebemos que a mente não sabe ser livre. Não sabe mesmo, pois vive aprisionada ao que fez de errado no passado. Não sabe ser convencida. Precisa de provas à todo o tempo. Não sabe obedecer. Tem que ouvir a mesma coisa várias vezes. O ser psicológico do homem só quer pensar por si próprio, não quer dar satisfação a ninguém... Quer uma liberdade que não possui, pois vive preso em seus próprios pensamentos. Quando se percebe isso em si mesmo e nos outros, pode-se perceber que assistir um culto de doutrina em qualquer igreja, se não for com um Pastor cheio do Poder de Deus e apto a ministrar a Palavra, acaba sendo um momento perdido e uma frustração espiritual.

Esse modo de viver atual da sociedade, assim como este pensamento egoísta do "eu", tem se confrontado com o que lemos em Romanos 12.1-2 ("Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.").

Será o fim da Doutrina nas igrejas? A doutrina anda meio esquecida, porque alguns pastores esqueceram de usá-la segundo a Bíblia e tomaram-na para si; assim como tomaram as igrejas para si. Como se fossem deles! Falam o que querem, no tom que querem, da maneira que querem e distorcem versículos bíblicos importantes. Usam versículos isolados e pequenas frases ditas pelos membros. Às vezes, uma palavra é suficiente para virar uma pregação perseguidora. Tudo... Pelo bem do bom andamento da igreja. Mas e as almas? E as pessoas que vão aos cultos esperando ouvir uma palavra que as tire de seus dia a dia cheio de conflitos? E a palavra de amor? Doutrina agora virou: "Faça o que eu digo ou saia da minha igreja?", "Pense como eu ou saia da minha igreja?"... Isso é um absurdo! Uma completa falta de Temor a Deus. Deus não mudou meus queridos. Ele é O mesmo.

A pessoa que possui uma boa homilética deve aproveitar o "lugar" que possui para pregar como um momento para ser guiado pelo Espírito Santo e trazer ao povo a Palavra de exortação vinda de Deus. Deve-se deixar ser canal de uso de Deus para expressar uma correção adequada. Foi assim com Moisés, foi assim com Elias e será assim com todo aquele que é SERVO e não "Senhor" da Obra.

É aí que entra o termo "Reevangelização". É um conceito que visa trazer de volta o primeiro amor aos que já estão acostumados à vida cristã. É reavivar o Poder do Espírito Santo naqueles que se encontram adormecidos em seus próprios conceitos. "Reevangelização" é uma forma de seduzir de forma afetiva a palavra AMOR. É trazer de volta conceitos quase esquecidos como receber, acolher, perdoar, restaurar... Isto é... Regressar as primeiras obras e fazer da sua vida atual uma mudança para o querer de Deus e não o seu. Difícil? Sim, difícil! Nós concordamos. Afinal, estamos todos numa situação cômoda vivida por muitos dirigentes de nossas igrejas evangélicas. Realmente, difícil, mas não é impossível. Se quisermos melhorar a nossa vida cristã seguindo os Estatutos e Mandamentos do Senhor Deus, podemos ver o amor regressar às igrejas, a confiança permanecer dentro dela e o respeito perdurar entre seus membros.

Hoje, temos a tecnologia ao nosso lado. Podemos movimentar as massas. Podemos nos comunicar mais rapidamente. Não precisamos de burros como meio de transporte ou de carteiros para levar nossos recados. Precisamos de atitude. Precisamos usar nossa atitude para mudar o que está errado e fazer de nossos pensamentos... Ações boas. Ações que ajudem ao próximo. Ações que não visem nossa própria vidinha comum.

Portanto, "Reevangelização" nada mais é do que evangelizar nós mesmos novamente. Nos esquecemos do primeiro amor, das primeiras obras e nos acomodamos com a realidade social que vivemos. "Se me incomodar, irei e farei. Se não me incomodar, que outro se incomode.". É esse o pensamento que o SENHOR Jesus quer de nós? E as almas? E as vidas que dependem da nossa oração? Essas almas, essas vidas, essas pessoas do nosso círculo de amizade e as que não conhecemos precisam de Jesus... Se não nos despertarmos a tempo: elas morrerão. Não esperam que nós tomemos alguma atitude em prol delas: simplesmente morrem. Morrem por não ter quem as ajude. Mudemos nosso pensamento enquanto temos oportunidades para isso.

Desejamos que os cultos de doutrina não acabem, mas que sejam utilizados para correção e exortação ao povo. Desejamos que a "Reevangelização" aconteça rápido. Precisamos nos renovar, pela transformação de nossas mentes, afim de que desenvolvamos a capacidade de amar com verdade e não porque alguém disse que devemos amar ao próximo. Afinal, vivemos numa sociedade cristã que o povo (não afirmamos que todos) despreza, muitas vezes, o Senhor em seu dia a dia, mas à noite O adora em Espírito e em Verdade no cultos. Que Romanos 12, versículos 1 e 2 estejam enraizados em nós e se for preciso nos renovar... Que haja "Reevangelização"!

"Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!