Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

QUAL É A SUA DESCULPA?

QUAL É A SUA DESCULPA?
Faça Missões! Obedeça a Ordem de Jesus Cristo.

Seguidores

O que você procura?

14 de outubro de 2009

DEUS NÃO DESISTIU DE USAR SEU TALENTO!

FOTO GOOGLE
Deus quer fazer coisas grandes através da nossa vida, mas é preciso trabalhar em sua obra com afinco, matando toda palavra de maldição lançada sobre nós e derrubando toda oração contrária investida sobre nossa capacidade de melhorar e aprimorar o talento que temos. 

Na época de Jesus, o talento era uma unidade monetária que valia até seis mil dracmas gregas, que correspondem até aproximadamente 12,6 Kg de prata. Um denário era o valor de um dia de serviço, o que era muita coisa. Basta imaginarmos um trabalhador nos dias de hoje (salário mínimo vigente no país) recebendo este valor diário e teremos um valor aproximado do que representava este talento citado em Mateus 25.14 da Bíblia Sagrada.

Mas o que é "talento"? Segundo o Dicionário Aurélio esta palavra vem do grego tálaton, que significa 'soma de sessenta minas' e vem do latim talentu também. No entanto, o que "Talento" tem a ver conosco? Tudo! Geralmente, utilizamos esta passagem para falar de aptidões que alguém possui e vemos e ouvimos muitos pregadores fixarem-se neste tema. 

Considerando que uma dracma podia ser usada para comprar uma ovelha e com cinco dracmas poderíamos comprar um boi, podemos imaginar que a soma confiada a cada um dos servos não foi pequena. Logo, a responsabilidade em lidar com o talento é que deveria ser comunicada aos cristãos atuais.

"Talento" tem sido visto como dom de cantar, dom de dançar, dom teatral, dom de pregar, dom de ensinar, dom para fofocar, dom para criticar, dom para... (Imagine o que quiser...),... Quanto na verdade, "TALENTO" deveria ser visto como RESPONSABILIDADE POR ALGO QUE NÃO LHE PERTENCE. 

Como assim? Pense! Você possui um dom. Tem um Talento maravilhoso no desenvolvimento de tudo que passa por suas mãos. Daí, você se acha a pessoa mais capacitada do Mundo em cuidar deste talento e em reproduzí-lo aos demais... Enquanto, na verdade, deveria aprimorar este talento sem esquecer de quem lhe o deu.

Talento não é glória, fama ou sucesso para que você seja honrado dentro das igrejas. Talento é uma aptidão natural, dada e fornecida por Deus para que cuidemos através da habilidade que nos é fornecida. 

Muitos vêem como uma habilidade de inteligência excepcional. Outros como uma forma de desenvolvimento intelectual através das habilidades motoras. Sinceramente, o que interessa é que o Talento é para ser usado e deve ser usado de forma que venhamos a produzir mais talentos com responsabilidade. 

Ninguém pode dizer que não recebeu nada de Deus. Recebemos saúde, competências cognitivas para aprimoramento de nossos dons, recebemos oportunidades. É! Oportunidades. Deus não quer que nós estejamos apenas ocupando espaço. Ele quer que sejamos frutíferos. 

O Senhor não nos quer esquentando bancos de igreja. A situação social que vivemos atualmente merece que venhamos a levantar destes bancos. Merece que façamos a Obra de Deus com ações sociais que mudem ou, pelo menos, amenizem a situação social de quem nos rodeia. 

O servo que recebeu cinco talentos ganhou mais cinco. Uma produtividade de 100% em lucro pessoal, sendo útil socialmente. O que recebeu menos que ele ganhou o dobrou também. Da mesma maneira temos que buscar novas oportunidades de crescimento na Obra do Senhor Jesus nesta terra.

Se você se sente realizado, quando recebe seu salário no fim do mês com o "sentimento do dever cumprido", como diz Dércio de Castro, imagine-se em como sentir-se-á recompensado em ver que seu talento proporcionou bem-estar ao próximo. 

Não podemos enterrar nossos talentos, mesmo que nossos superiores não entendam a forma como nós o desenvolvemos. Temos que produzir. Temos que agir na prática e parar com a mania e costume de muitos em achar que uma boa pregação mudará a vida de alguém ou despertará seu talento adormecido.

Oportunidade é que desperta talento. Se formos canal de bênção ao que têm talento. Poderemos ser uma corda que ajuda no processo. Então não desista. Ainda que não acreditem em você. Ainda que não reconheçam seu talento. Ainda que não queiram seu talento em ação. 

Saiba: Deus não desistiu de usar seu talento
A palavra final vem dEle e somente dEle.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

RESPEITE OS CRÉDITOS!!!

Por favor, respeite os direitos autorais e a propriedade intelectual (Lei nº 9.610/1998). Você pode copiar os textos para publicação/reprodução e outros, mas sempre que o fizer, façam constar no final de sua publicação, a minha autoria ou das pessoas que posto aqui e que, muitas vezes, aqui escrevem. Afinal, algumas postagens do "Blog Uma Visão Missionária" trazem imagens de fontes externas como o Google Imagens e de outros blog´s.

Se alguma for de sua autoria e não foram dados os devidos créditos, perdoe-me e me avise (pahesa.andrade@gmail.com) para que possa fazê-lo. E não se esqueça de, também, creditar ao meu blog as imagens que forem de minha autoria.

Projeto MICRI e a Expedição Missionária Piauí

Chamado Missionário?

Aniversário do Blog!